CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Por cada desejo

Quero que, cada desejo meu,
Tenha aviso de despejo,
Já que minha alma cheia, encheu
De mil batalhas, todas sem despojo…

Não sei fazer mais nada,
Senão celebrar o que não persigo e não digo,
As conquistas são o sermão e a soda
Sarcástica, por qual rojo e me esfrego,

Detestasse eu a ferrugem,
E seria um prego de ferradura,
Apodrecido num chão de forragem,
Numa estalagem d’outra terra…

Um desejo que ainda perdura
Dela, são das tabuas, o rangedo,
Assim minha poeira pousa, afora
Do contexto mais desconfigurado,

Que o meu ensejo tem,
Hóspede de nenhum lado,
Vago e magro, sem vintém…
Porém ouço-me seduzido…

Viro-me mas não sou eu
Com quem almoço, mas o nojo
Que minha escrita fede a meu.
Quero que, por cada desejo

Despedido outro seja réu,
Talvez o de pompa, porque não?
Se todo o meu instinto se perdeu
No ânus de um cão…

Joel Matos (02/2013)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, novembro 11, 2013 - 17:58

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 16 horas 19 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 34865

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Na extrema qu’esta minh’alma possui. 156 157 04/24/2019 - 20:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Como rei deposto numa nação de rosas ... 266 399 04/23/2019 - 09:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Por amor ao meu país… 230 364 04/23/2019 - 09:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 271 288 04/23/2019 - 09:04 Português
Ministério da Poesia/Geral Posso soltar as asas… 330 426 04/14/2019 - 19:58 Português
Ministério da Poesia/Geral Frágil 353 468 04/14/2019 - 19:53 Português
Ministério da Poesia/Geral O Cavaleiro da Dinamarca. 780 324 04/14/2019 - 19:52 Português
Poesia/Geral (Vive la France) 465 452 04/14/2019 - 19:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Calmo 332 617 04/14/2019 - 19:46 Português
Poesia/Geral A ilusão do Salmão ... 544 577 04/14/2019 - 19:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Sofro por não ter falta , 612 867 04/13/2019 - 11:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Ridículo q.b. 509 815 04/12/2019 - 16:22 Português
Ministério da Poesia/Geral À dimensão do horto … 347 297 04/11/2019 - 09:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Trago em mim dentro 771 383 04/10/2019 - 10:53 Português
Poesia/Geral Último Poema 435 1.600 04/10/2019 - 10:50 Português
Ministério da Poesia/Geral Colossal o Oceano, 434 458 04/10/2019 - 10:49 Português
Ministério da Poesia/Geral O Gebo e o Sonho. 404 661 04/10/2019 - 10:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Convenço, convencei, convençai… 491 541 04/09/2019 - 12:00 Português
Poesia/Geral Certidão de procedência 406 462 04/09/2019 - 11:58 Português
Poesia/Geral - Papoila é nome de guerra - 359 266 04/09/2019 - 11:56 Português
Poesia/Geral Como terra me quero, descalço e baixo ... 480 533 04/09/2019 - 11:52 Português
Poesia/Geral O erro de Descartes 479 563 04/09/2019 - 11:49 Português
Ministério da Poesia/Geral V de Vitória - Revolução - 537 1.059 04/03/2019 - 16:43 Português
Ministério da Poesia/Geral Minha alma é um lego 506 1.055 03/30/2019 - 17:19 Português
Ministério da Poesia/Geral Eu sou tudo aquilo por onde me perco… 420 1.053 03/30/2019 - 17:17 Português