CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Despertar é desilusão

Não há silêncio que se doe…

Não há silêncio que se doe,
Nem voz que me determine
Quanto dói o doer, contudo
Nem abafa a dor quem cala

Nem aquele que mal sente e
A fala, não há silêncio que
Se doe nem palavra que
Pague o que sinto eu, seja

O que for, alegria pode nem ser
Dor, nem liberdade terminar
Em prisão, assim sendo
O desamor é feito do mesmo

E a fé, o ódio que se derrama…
Não há silêncio que se doe
Ou amor que não se acabe
Tal como aquilo que nos une

E dá vida o ar, existe pra
Soprar nele a voz sem um
Ou outro pensarem nisso,
É o que define o sentir

Um desejo sem fronteiras
Pois sonhos são de todos
Quer se dêem que me doam
Ditos alto ou falando baixo

Não há silêncio que se doe
Nem palavra que me pague
Ter é perder possuir e não
Dar, despertar é desilusão

Embora não doa tanto a dor
Quanto este, doce me fala
Ou ouço, não há silêncio
Que termine o falar, nem dor

Que valha algo de pouco valor,
Assim acontece que me ouço a
Pensar e esqueço o desejo
Da fala, me dói o silêncio,

Falar é ilusão …pretexto.

Joel Matos (04/2018)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, abril 6, 2018 - 10:48

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 15 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 39366

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

...............

...............

imagem de Joel

...................

...................

imagem de Joel

...................

...................

imagem de Joel

...............

...............

imagem de Joel

.............................

.....................................

imagem de Joel

obrigado (aos poucos) por

obrigado (aos poucos) por lerem

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral É hoje o dia… 301 276 07/12/2019 - 12:47 Português
Ministério da Poesia/Geral As estrelas, os Estrôncios e os Sonhos. 34 534 06/23/2019 - 12:41 Português
Ministério da Poesia/Geral Sendo eu outro 77 347 06/10/2019 - 18:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Meu cabelo é água e pêlo, sonho é sentir vê-lo… 37 354 06/10/2019 - 18:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou feliz porque não escrevo… 49 343 06/10/2019 - 15:28 Português
Poesia/Geral O triunfo dos relógios ... 167 356 06/07/2019 - 20:02 Português
Ministério da Poesia/Geral O meu préstimo… 250 377 06/07/2019 - 19:59 Português
Ministério da Poesia/Geral (Busco a eternidade-num-saco-vazio) 265 408 06/07/2019 - 19:55 Português
Ministério da Poesia/Geral Pois tudo o que se move é sagrado. 368 347 05/23/2019 - 20:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Minha voz não vê … 232 387 05/22/2019 - 19:48 Português
Ministério da Poesia/Geral (Ouçam-me, pra que eu possa…) 123 355 05/22/2019 - 15:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou um homem complicado… 156 290 05/22/2019 - 09:22 Português
Ministério da Poesia/Geral Aos pássaros acresce o voar 112 342 05/22/2019 - 09:18 Português
Ministério da Poesia/Geral Tão livre quanto prisioneiro… 388 305 05/22/2019 - 09:03 Português
Poesia/Geral Nada tenho pra dizer ... 285 700 05/18/2019 - 16:54 Português
Ministério da Poesia/Geral Tudo isso me dói e odeio… 124 436 05/17/2019 - 12:42 Português
Ministério da Poesia/Geral Governador de mim… 416 634 05/16/2019 - 15:46 Português
Ministério da Poesia/Geral Atrás de mim Gigantes 200 469 05/16/2019 - 11:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 390 688 05/11/2019 - 16:37 Português
Poesia/Geral Morto vivo eu já sou … 496 679 05/09/2019 - 11:06 Português
Poesia/Geral Tesoureiros da luz, 677 846 05/09/2019 - 10:59 Português
Ministério da Poesia/Geral Na extrema qu’esta minh’alma possui. 156 312 04/24/2019 - 20:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Como rei deposto numa nação de rosas ... 266 563 04/23/2019 - 09:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Por amor ao meu país… 230 619 04/23/2019 - 09:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Posso soltar as asas… 330 619 04/14/2019 - 19:58 Português