CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Esparso amor

Toca todo meu tenro coração
Tentando tortuosamente temer a dor
Tao tenso, tão tardo, tão dardo
A espreitar o tortuoso amor.

Pois foi a ti, dado como de um assomo
E despido da ilusão da dor
Malgrado o arredio sabor
Do último gole.

O último beijo, o último abraço
O inútil último, apenas
De um corpo torto em desalinho
Frente ao amor não alinhado.

Do beijo não dado
Do amor não casto
Da dor, nefasto
Desejo da morte.

Morte morrida, morte matada
Morte em vida, Severina, não amada
Nem desejada, apenas, apenas...
Usada.

Submited by

quarta-feira, dezembro 4, 2019 - 20:14

Poesia :

No votes yet

ntistacien

imagem de ntistacien
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 30 semanas 7 horas
Membro desde: 04/22/2010
Conteúdos:
Pontos: 277

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ntistacien

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Sem forma 0 146 01/15/2020 - 03:16 Português
Poesia/Geral Esparso amor 0 209 12/04/2019 - 20:14 Português
Poesia/Geral Sujeito a uma forma 0 142 12/04/2019 - 20:11 Português
Fotos/Outros Girassol 0 474 02/23/2019 - 04:04 Português
Poesia/Aforismo É na solidão do auto conflito que se molda a mais nobre alma. 0 481 01/22/2019 - 04:40 Português
Poesia/Geral Aula de Português. 0 399 01/22/2019 - 04:36 Português
Poesia/Aforismo ntistacien 0 445 01/22/2019 - 04:19 Português
Poesia/Aforismo O que fazemos ou deixamos de fazer hoje surte efeitos na posteridade. 0 402 01/20/2019 - 07:31 Português
Poesia/Aforismo Ame como se de amor tu foste, deseje como se tua essência dependesse disto, mas jamais se curve ao que lhe foi negado. ntistacien 0 499 01/20/2019 - 07:27 Português
Poesia/Aforismo Há muito confundimos o amor com a posse, este gera um misto de segurança e dor se correspondido ou não, aquele gera paz. 0 380 01/20/2019 - 07:26 Português
Poesia/Pensamentos Feliz mesmo é poder olhar para os céus e contemplar teu olhar. Embriagar-se de amor e, ainda assim, continuar sóbrio. 0 497 01/15/2019 - 15:56 Português
Poesia/Pensamentos Foi a ingenuidade de seu olhar que desarmou meu nefasto coração. 0 216 01/15/2019 - 15:55 Português
Poesia/Geral A filosofia do lagarto: Autotomia 0 361 01/15/2019 - 15:51 Português
Poesia/Geral Silencioso grito a Brasiliana 0 347 01/14/2019 - 04:46 Português
Poesia/Geral Tempo 0 417 01/14/2019 - 04:02 Português
Poesia/Meditação Em pedaços 0 316 01/14/2019 - 03:50 Português
Poesia/Aforismo ntistacien 0 388 01/13/2019 - 06:47 Português
Poesia/Aforismo ntistacien 0 371 01/13/2019 - 06:45 Português
Poesia/Aforismo A virtude reside sob a máscara que admite existência em outrem. 0 424 01/13/2019 - 06:43 Português
Poesia/Desilusão Em pedaços 0 368 01/10/2019 - 03:15 Português
Poesia/Meditação Avulso 0 454 01/10/2019 - 02:55 Português
Poesia/Aforismo ntistacien 0 598 11/10/2018 - 19:26 Português
Poesia/Amor Para um colibri 0 533 11/10/2018 - 18:32 Português
Poesia/Geral Flores de abril 0 561 11/10/2018 - 18:21 Português
Poesia/Geral Vazio poema 1 619 11/14/2013 - 13:46 Português