CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A Morte não é Bem-Vinda ...

A morte não é como a vida,
Mas o sentimento fluído, vívido
Em que nos sonhamos vivos e
Esquecemos o porquê de não

Existirmos de fora da ilusão
De estar vivos, vivendo mortos
Resta-nos sobretudo o talento de
Sonhar o quotidiano e o banal,

-O sonho de ser inquilino de uma
Pequena livraria na rua da indiferença,
O ultraje geral na vida que conheço,
É o ignorar repetidamente ou questionar

A derrota, por ordinária
Que seja na morte o afinal,
Ou esclarecido em vida
O soror da dor perene,

Invicta, imortal, poética,
Bem-vinda e com odor a perfeição.
A morte não é bem-vinda,
Emoção é o que ficou descrito

Como coisa passageira, imortal
A esperança, semi-completa
Verdade que nos conforta e descansa
Da tarefa que é estar vivo.

Matéria é presença e a negação
Da fé por oposição estética
À consciência do pensamento
Como tarefa física, grandeza

Da condição de ser humano,
Dividido entre o que me rodeia
E a vontade de renunciar à mecânica
Das sensações mentidas,

-O sonho de ser inquilino de uma
Pequena livraria de esquina,
Incompetente eu, por nunca ter sido
Senão sonho de quem se sonha vivo…

Jorge Santos 01/2020
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

domingo, março 1, 2020 - 19:38

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 1 dia
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40869

Comentários

imagem de Alberto Mendes Pimentel

Comentário.

Com certeza amigo, é algo que nenhum de nós queremos, mas é a lei da vida e assim tem que ser. Abraço
Obrigado pela visita e comentário.

imagem de Joel

Por tudo de bom que ainda

Por tudo de bom que ainda contém este mundo eu é que agradeço, neste site tão mudo, inundemos nossas consciências com rios de louvores, de felicitações pelo que sabemos fazer de melhor, influenciar e ser influenciado com ardor do que faz arder e mover o mundo

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Deixemos descer à vala, o corpo que em vão nos deram 15 67 02/09/2021 - 08:55 Português
Ministério da Poesia/Geral A desconstrução 38 100 02/06/2021 - 21:18 Português
Ministério da Poesia/Geral Deixai-vos descer à vala, 0 51 02/06/2021 - 20:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Permaneço mudo 0 41 02/06/2021 - 20:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Os Dias Nossos do Isolamento 0 39 02/06/2021 - 20:35 Português
Poesia/Geral Gostar de estar vivo, dói! 0 36 02/06/2021 - 20:31 Português
Poesia/Geral Apologia das coisas bizarras 0 45 02/06/2021 - 20:29 Português
Poesia/Geral Meus sonhos são “de acordo” ao sonhado, 0 49 02/06/2021 - 20:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Na terra onde ninguém me cala 1 39 02/06/2021 - 10:14 Português
Poesia/Geral Esquema gráfico para não sobreviver à morte … 5 67 02/05/2021 - 11:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Tiras-me as palavras da boca 1 49 02/03/2021 - 18:31 Português
Ministério da Poesia/Geral A tenaz negação do eu, 1 46 01/25/2021 - 21:40 Português
Poesia/Geral O lugar que não se vê ... 0 57 01/25/2021 - 20:31 Português
Poesia/Geral Minh’alma é uma floresta 0 35 01/25/2021 - 19:58 Português
Ministério da Poesia/Geral Pangeia e a deriva continental 0 78 01/02/2021 - 18:34 Português
Ministério da Poesia/Geral A simbologia dos cimos 0 57 01/02/2021 - 18:23 Português
Ministério da Poesia/Geral Prefiro rosas púrpuras ... 0 46 01/02/2021 - 18:13 Português
Ministério da Poesia/Geral Por um ténue, pálido fio de tule 0 66 01/02/2021 - 17:59 Português
Ministério da Poesia/Geral Me perco em querer 0 54 01/02/2021 - 17:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Epistemologia dos Sismos 0 46 01/02/2021 - 17:26 Português
Ministério da Poesia/Geral A sismologia nos símios 0 50 01/02/2021 - 17:11 Português
Poesia/Geral Não passo de um sonho vago, alheio 0 79 01/02/2021 - 16:48 Português
Poesia/Geral Cumpro com rigor a derrota 0 72 01/02/2021 - 16:23 Português
Poesia/Geral Perdida a humanidade em mim 0 77 01/02/2021 - 16:08 Português
Poesia/Geral Em pêlo e a galope... 7 186 11/27/2020 - 17:11 Português