CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SENHORA DO MEU TEMPO

SENHORA DO MEU TEMPO

Já corre um novo ano, velozmente.
Vem com a pressa  irritante de outros anos.
Enquanto muita esperança nos consente,
vai fabricando traições e desenganos.

Que corra, que tropece, que se estenda
na estrada que percorre sem comando.
Não temo qualquer pressa que transcenda
a velocidade dos passos que vou dando.

Vivo como posso e como sei,
aproveitando o tempo, que venero,
para fazer aquilo que hoje quero.

Na senda do caminho que tracei
já não há nada que me torne lesta.
Sou senhora do tempo que me resta.

Maria Letr@
Do meu livro "Caminhos de Cristal"

Submited by

quinta-feira, janeiro 7, 2021 - 17:36

Poesia :

No votes yet

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 31 semanas 9 horas
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2604

Comentários

imagem de Maria Letra

SENHORA DO MEU TEMPO

Depois temos de ter uma conversinha... Já viste como fica cansada uma atleta depois de uma maratona? (e não precisa de ser muito longa...). Assim estou eu! Ainda falta muito para acabares???
Pois.. posso ser senhora do meu tempo, mas não me faças trabalhar contra-relógio...
És uma GANDA AMIGA! Beijos.

imagem de Ana Martins

SENHORA DO MEU TEMPO

Adoro este soneto!
És e serás sempre senhora do teu tempo.
Abracinho.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza O FLAGELO DA PERDA 1 299 06/17/2021 - 15:23 Português
Poesia/Geral NA MIRA DE GENTE FALSA 0 228 06/13/2021 - 20:41 Português
Poesia/Intervenção SOCIALIZAR_OU NÃO? 0 165 06/13/2021 - 20:36 Português
Poesia/Geral RENOVAÇÃO 0 375 05/27/2021 - 16:34 Português
Poesia/Intervenção AUTO DA SUBSERVIÊNCIA 0 281 05/25/2021 - 00:03 Português
Poesia/Soneto LUZ E DESAIRE 0 285 05/21/2021 - 17:32 Português
Poesia/Desilusão ESPECTRO DO QUE ME RESTA 0 362 05/06/2021 - 23:10 Português
Poesia/Soneto QUERIA SER POMBA COM ASAS DE ESTANHO 0 311 05/06/2021 - 21:29 Português
Poesia/Soneto DEIXA-ME VIVER! 2 462 04/27/2021 - 20:40 Português
Poesia/Tristeza MUITOS FORAM OS QUE PARTIRAM 0 404 04/25/2021 - 10:42 Português
Poesia/Intervenção REVOLUÇÃO 0 375 04/25/2021 - 08:39 Português
Poesia/Dedicado UM HINO À NOITE 0 392 04/22/2021 - 23:15 Português
Prosas/Outros A MINHA PERPECTIVA SOBRE ALGUMAS DAS DIFERENTES CLASSES SOCIAIS-COM A COLABORAÇÃO DE MIGUEL LETRA 0 456 04/13/2021 - 12:14 Português
Poesia/Meditação ESPERO_POR_TI_MADRUGADA 2 258 04/07/2021 - 20:34 Português
Poesia/Desilusão A NOVA PÁSCOA 0 267 04/04/2021 - 07:09 Português
Poesia/Geral O QUE SERIA DE MIM 0 281 03/28/2021 - 02:54 Português
Poesia/Soneto TEMPOS DE AFLIÇÃO 2 399 03/26/2021 - 23:34 Português
Poesia/Geral ESPERANDO PELA MARÉ ALTA 0 330 03/25/2021 - 23:45 Português
Poesia/Geral MULHER-ESCRITORA 0 276 03/25/2021 - 16:28 Português
Poesia/Tristeza RECOMEÇAR 0 296 03/25/2021 - 01:32 Português
Poesia/Desilusão O VAZIO DA MINHA ALMA 0 1.183 03/11/2021 - 12:51 inglês
Poesia/Geral O GRITO DO INDÍGENA 2 481 03/10/2021 - 21:31 Português
Poesia/Tristeza TERRAS DE DESAMOR 0 456 03/09/2021 - 21:04 Português
Poesia/Intervenção VIOLÊNCIA 0 291 03/09/2021 - 20:46 Português
Poesia/Geral A MULHER E O OBVERSO DO IRREVERSÍVEL 0 305 03/08/2021 - 21:30 Português