CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A dança continua

A dança continua,

A poesia não morre,
“Nem que a matem”,
Contudo pode ser f’rida
De morte durante o sono,

Com uma bala de prata,
Ou uma vulgar estaca
No lugar do coração,
Tal como faca de abate,

Sem gume, mal afiada.
Desfigurada no rosto,
Sob a máscara da morte,
Não deixará de sair dela

Meu paliativo, minha culpa
De ferimentos, graves
Golpes e da vulgar cura
“Do costume”, não punitiva

Mas bonita na forma prenha
De copo, taça ou de cálice,
Gamo negro, gazela fêmea, fonte
De bruma, poesia não morre,

Não se abate, nem se encosta
À parede, não se consome,
Com os músculos da face, nos
Gestos do rosto redor dos ossos

Considerados breves, brancos
Como ermitas em mármore e aço.
Poesia não morre, “nem que
A matem”.

Jorge Santos ( Fevereiro 2023)

https://namastibet.wordpress.com
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, novembro 24, 2023 - 10:23

Ministério da Poesia :

No votes yet

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 semanas 3 dias
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 42009

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Pra lá do crepúsculo 30 244 03/06/2024 - 12:12 Português
Poesia/Geral Por onde passo não há s’trada. 30 290 02/18/2024 - 21:21 Português
Poesia/Geral Sonhei-me sonhando, 17 340 02/12/2024 - 17:06 Português
Ministério da Poesia/Geral A alegria que eu tinha 23 256 12/11/2023 - 21:29 Português
Ministério da Poesia/Geral Notas de um velho nojento 7 270 12/06/2023 - 22:30 Português
Ministério da Poesia/Geral (Creio apenas no que sinto) 17 170 12/02/2023 - 11:12 Português
Ministério da Poesia/Geral Vamos falar de mapas 15 378 11/30/2023 - 12:20 Português
Ministério da Poesia/Geral São como nossas as lágrimas 9 298 11/28/2023 - 12:11 Português
Poesia/Geral Entrego-me a quem eu era, 28 379 11/28/2023 - 11:47 Português
Ministério da Poesia/Geral O Homem é um animal “púbico” 11 241 11/26/2023 - 19:59 Português
Ministério da Poesia/Geral A essência do uso é o abuso, 1 491 11/25/2023 - 12:02 Português
Ministério da Poesia/Geral Insha’Allah 2 276 11/24/2023 - 13:43 Português
Ministério da Poesia/Geral No meu espírito chove sempre, 12 268 11/24/2023 - 13:42 Português
Ministério da Poesia/Geral Os destinos mil de mim mesmo. 21 299 11/24/2023 - 13:42 Português
Poesia/Geral “Daqui-a-nada” 20 885 11/24/2023 - 12:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Cada passo que dou 0 406 11/24/2023 - 10:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Quem sou … 0 363 11/24/2023 - 10:26 Português
Ministério da Poesia/Geral Ricardo Reis 0 97 11/24/2023 - 10:24 Português
Ministério da Poesia/Geral A dança continua 0 242 11/24/2023 - 10:23 Português
Ministério da Poesia/Geral A importância de estar … 0 225 11/24/2023 - 10:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Se eu fosse eu 0 135 11/24/2023 - 10:15 Português
Ministério da Poesia/Geral Má Casta 0 294 11/24/2023 - 10:14 Português
Ministério da Poesia/Geral Neruda Passáro 0 217 11/24/2023 - 10:12 Português
Ministério da Poesia/Geral Pouco sei, pouco faço 0 156 11/24/2023 - 10:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Do que tenho dito … 0 310 11/24/2023 - 10:09 Português