CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sonhar é cabelo,

Sonhar é cabelo, nos ombros a razão fala
E murmura o que persigo, se é verdade de leigo
Ou ilusão de passageiro, Encaro o que escrevo,
Sonhar em cabelo, idioma raro, não sei lê-lo,

Não sei sê-lo, erro ao explicar o credo sendo
Eu imperador dos descrentes e dos rochedos
Negros, atavio de profeta cuja incapacidade
Apesar de empolgada, mil vezes lida à peça,

Não contém profecias nem interpretações
Cabales ...Tenho ego de "formiga-d'asa"
Partilho estrelas num céu que, cego eu nem vejo,
Sob o tecto da minha minga casa,

Distinto, apenas o cachimbo
De boca, "à Torga", posso argumentar como fosse
Poeta mas confundo o luzir das velas,
No brilhar de mil e uma telhas ...

A química do universo começou com HeH+,
Numa espécie de "panspermia química",
As paisagens, tão admiráveis como quadros
Entraram-me pelos olhos adentro, querendo

Que algum Deus os criou com velas de perto,
Pano preto, braços estranhos, tanto quanto
Eu, tão cheio a "esperantos" mudos, cansaços
Quanto o Mundo pode causar-me nos olhos,

Tantas musas causas, tantos pregões longos,
Lembram cavalos cinzentos, cavalgadas sísmicas,
Funestas. O vento é um fluído volátil,
Ainda assim, fugidio o sinto como o tempo,

Acariciando-me o cabelo raso e ao ouvido táctil
Dizendo:
-Vem comigo, vem comigo, vem comigo...
Antes que se faça tarde, sonhar é cabelo …

Joel Matos 10/2019
Http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, outubro 17, 2019 - 20:52

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 17 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40692

Comentários

imagem de Joel

obrigado a todos os que me

obrigado a todos os que me lêem

imagem de Joel

obrigado a todos os que me

obrigado a todos os que me lêem

imagem de Joel

obrigado a todos os que me

obrigado a todos os que me lêem

imagem de Joel

obrigado a todos os que me

obrigado a todos os que me lêem

imagem de Joel

obrigado a todos os que me

obrigado a todos os que me lêem

imagem de Joel

obrigado a todos os que me

obrigado a todos os que me lêem

imagem de Joel

obrigado a todos os que me

obrigado a todos os que me lêem

imagem de Joel

obrigado a todos os que me

obrigado a todos os que me lêem

imagem de Joel

obrigado a todos os que me

obrigado a todos os que me lêem

imagem de Joel

obrigado a todos os que me

obrigado a todos os que me lêem

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Na minha terra não há terra, 0 301 06/02/2020 - 16:16 Português
Poesia/Geral A sucessão dos dias e a sede de voyeur ... 0 158 06/02/2020 - 16:09 Português
Poesia/Geral O Amor é uma nação em risco, 1 379 05/03/2020 - 00:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Ninguém me distingue de quem sou eu ... 1 183 04/20/2020 - 23:34 Português
Ministério da Poesia/Geral A um Deus pouco divino … 1 256 04/19/2020 - 12:02 Português
Poesia/Geral “Hic sunt dracones”, A dor é tudo … 4 385 04/15/2020 - 16:25 Português
Poesia/Geral A Morte não é Bem-Vinda ... 2 345 04/15/2020 - 15:46 Português
Poesia/Geral Objectos próximos, 0 461 04/15/2020 - 12:06 Português
Poesia/Geral Daniel Faria, excerto “Do que era certo” 0 409 04/15/2020 - 11:58 Português
Ministério da Poesia/Geral O avesso do espelho... 5 223 03/01/2020 - 21:02 Português
Poesia/Geral A síndrome de Savanah 0 297 03/01/2020 - 20:26 Português
Ministério da Poesia/Geral O Estado da Dúvida 2 197 01/24/2020 - 21:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Patchwork... 0 320 01/08/2020 - 14:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Vivo do oficio das paixões 0 297 01/08/2020 - 13:55 Português
Ministério da Poesia/Geral Como morre um Rei de palha... 0 200 01/08/2020 - 13:50 Português
Ministério da Poesia/Geral "Sic est vulgus" 0 314 01/08/2020 - 12:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Quantos Césares fui eu !!! 0 226 01/08/2020 - 12:40 Português
Ministério da Poesia/Geral Nada se parece comigo 0 241 01/08/2020 - 12:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Pedra, tesoura ou papel..."Do que era certo" 0 260 01/08/2020 - 12:27 Português
Ministério da Poesia/Geral Sou "O-Feito-Do-Primeiro-Vidente" 0 194 01/08/2020 - 12:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Morri lívido e nu ... 0 238 01/08/2020 - 12:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Ladram cães à distância, Mato o "Por-Matar" ... 0 280 01/08/2020 - 11:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Excerto “do que era certo” 0 249 01/08/2020 - 11:38 Português
Ministério da Poesia/Geral Rua dos Douradores 30 ... 0 290 01/08/2020 - 11:32 Português
Ministério da Poesia/Geral A Rua ao meu lado ou O Valor do riso... 0 191 01/08/2020 - 11:24 Português