CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Começar

Não estou pronto para cair
Estou pronto para existir
Estou pronto para vestir
Esse hábito sem julgar
O medo que há em ti
O segredo que eu ouvi
O calor da tua paixão
Se o que eu quero eu não vivi
Se eu ainda não senti
A vontade de começar…

Não sei o que vou encontrar
No que me irei tornar,
Onde vai desaguar
Esse rio que é nosso
Se eu quiser será o fim
Se eu quiser será para mim
Se eu ao menos quiser
Acordar deste sono…

Não sei se eu vou tentar
Sei o preço a pagar
Por voltar a falhar
Já não tenho mais vidas
Mas vou esperar assim
Tentar conter-me em mim
De modo a que a razão
Esconda sempre a paixão

Submited by

segunda-feira, setembro 23, 2013 - 16:24

Poesia :

No votes yet

infectofacto

imagem de infectofacto
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 48 semanas
Membro desde: 03/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 172

Comentários

imagem de deborabenvenuti

Começar

Começar é sempre difícil. Aceitar o começo é o início da jornada e terminar muitas vezes é o recomeço.
Abraços

http://embalandosonhos.blogspot.com.br

imagem de infectofacto

Olá Debora, obrigado pelo

Olá Debora, obrigado pelo comentário. Creio que por vezes começar pode ser fácil e o difícil é manter a determinação sem desistir. Há um grande poema do Manel Cruz da banda portuguesa Ornatos Violeta sobre isso: http://letras.mus.br/ornatos-violeta/267932/

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of infectofacto

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Quanto 0 256 05/14/2015 - 12:15 Português
Poesia/Geral desolação 0 263 08/17/2014 - 16:00 Português
Poesia/Canção Começar 2 595 06/13/2014 - 11:23 Português
Poesia/Geral Desacção 0 213 06/08/2013 - 14:19 Português
Poesia/Desilusão Saio de mim 0 286 01/21/2013 - 17:51 Português
Poesia/Geral Cruzeiro 0 344 01/04/2013 - 01:45 Português
Poesia/Geral Diálogo sem fim #3 0 297 10/09/2012 - 13:31 Português
Poesia/Geral Calafrio 0 361 08/30/2012 - 02:02 Português
Poesia/Geral Jazz 0 332 08/17/2012 - 01:02 Português
Poesia/Geral Navego 1 367 08/06/2012 - 01:09 Português
Poesia/Geral Sonhos 0 304 07/17/2012 - 10:43 Português
Poesia/Geral Iluminação 0 312 06/01/2012 - 04:10 Português
Poesia/Geral (Untitled) 2 421 05/25/2012 - 21:22 Português
Poesia/Geral Ladainha 3 492 05/21/2012 - 04:10 Português
Poesia/Geral Justificação da realidade 4 475 05/20/2012 - 17:53 Português
Poesia/Geral Os felizes 2 460 05/14/2012 - 18:50 Português
Poesia/Geral No escuro 2 479 04/28/2012 - 22:20 Português
Poesia/Geral A carne 0 372 04/25/2012 - 12:13 Português
Poesia/Geral Da procura 2 431 04/25/2012 - 03:51 Português
Poesia/Geral O meu amigo 2 380 04/24/2012 - 23:22 Português
Poesia/Geral Os alienados 3 534 04/21/2012 - 22:17 Português
Poesia/Geral deus 4 475 04/21/2012 - 02:19 Português
Poesia/Geral Estupefacção 3 503 04/19/2012 - 22:55 Português
Poesia/Geral (Untitled) 2 458 04/19/2012 - 02:26 Português
Poesia/Geral Ritmo 1 374 04/19/2012 - 02:12 Português