CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Surrealidades

Um espaço. Indefinido.
Uma cama. Ao acaso.
Ela, enrolada. Talvez nua.
Ele, aperaltado.
Como no dia do seu nascimento.
Um outro. Que a ela lhe era querido,
cúmplice do momento
aplainando terreno movediço.
Uma outra. Entrando no espaço interdito,
deixava peças de roupa nas molas de plástico,
Desajeitada. Pertinaz no acontecimento.
Um filme a ser rodado,
já nas cenas finais.
Encontros de para sempre.
Cumpria-se o destino.
E ela? Continuava deitada,
espantada de sua fortuna.
E veio ainda uma outra,
amiga de longa data,
dizer de sua justiça.
Tudo estado de graça.
Era a mudança da casa.
E ele? Apenas amava
a rainha do seu jogo preferido,
enquanto se calçava para fazer caminho…

Surrealidades.
Pegadas decalcadas no sonho.
Ténue a linha.
Sonhos. Realidades.
Desejos im-prováveis…

OF – 02-10-15 - Imagem em http://portate-mal.blogspot.pt/2015/12/surrealidades.html

Submited by

domingo, dezembro 13, 2015 - 18:07

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 36 semanas
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1924

Comentários

imagem de Joel

obrigado pela visita

obrigado pela visita

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 1.820 03/15/2018 - 12:59 Português
Poesia/Tristeza Música 1 1.584 03/15/2018 - 12:58 Português
Poesia/Desilusão Apenas mais um dia 1 2.377 03/15/2018 - 12:57 Português
Poesia/Meditação Se a vida fosse sempre assim 1 1.804 03/15/2018 - 12:56 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Seres incompletos 3 2.393 03/15/2018 - 12:56 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 1 1.135 03/08/2018 - 18:01 Português
Poesia/Meditação Tempo(s) 1 1.729 03/08/2018 - 17:43 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 1 1.750 03/08/2018 - 17:42 Português
Poesia/Tristeza Emocão 5 2.123 03/08/2018 - 15:48 Português
Poesia/Dedicado Mulher-Dor 3 1.672 03/08/2018 - 15:14 Português
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 3 1.848 02/27/2018 - 10:43 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 1.946 12/30/2015 - 21:36 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 2.008 11/25/2015 - 01:18 Português
Prosas/Outros Da alma 0 1.152 09/01/2015 - 18:58 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 0 1.637 09/01/2015 - 18:29 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 2.923 08/26/2015 - 00:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 1.854 07/02/2015 - 22:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 2.602 06/02/2015 - 19:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 2.346 04/25/2015 - 01:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 1.336 03/24/2015 - 18:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 1.900 03/08/2015 - 17:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 1.662 02/14/2015 - 17:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 1.979 02/13/2015 - 15:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 2.787 01/22/2015 - 00:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 1.950 12/30/2014 - 13:27 Português