Olhares

Bebia o teu olhar azul
no olhar verde das giestas tardegas
quando em manhãs preguiçosas
me sorrias cobrindo-me de véu.

Sentia-me abençoada
perfumada de rosas que não trazias
mas sabia do teu cuidado com elas.
Não vias, mas sentias.
E eu sabia!

Dei por mim a espiar-te.
Passos inseguros,
trôpegos nos escolhos da calçada.
Caíam outros olhares,
carinhosos ou desdenhosos.
Viam-te mas não sentiam.
E eu sabia! E doía!

Havia o jardim onde o rio se vestia
de cores e se encharcava de odores.
Foi aí que te encontrei.
E sem saber te amei
nesse olhar azul intenso.
Sabia que não me pertencia.
Mas vias-me! E sorria!

Contemplativa
falei meigamente
do jardim, do rio, de mim.
O meu verde era agora o teu azul.
Cegava-me apenas o sol.
Mas não a diferença.

OF – 14-01-15 

Submited by

Jueves, Enero 22, 2015 - 01:58

Poesia :

Sin votos aún

Odete Ferreira

Imagen de Odete Ferreira
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 23 semanas 4 días
Integró: 01/11/2011
Posts:
Points: 1926

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Odete Ferreira

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 1.135 03/15/2018 - 13:59 Portuguese
Poesia/Tristeza Música 1 1.142 03/15/2018 - 13:58 Portuguese
Poesia/Desilusión Apenas mais um dia 1 1.769 03/15/2018 - 13:57 Portuguese
Poesia/Meditación Se a vida fosse sempre assim 1 1.241 03/15/2018 - 13:56 Portuguese
Ministério da Poesia/Fantasía Seres incompletos 3 1.498 03/15/2018 - 13:56 Portuguese
Prosas/Otros No sopé da montanha 1 641 03/08/2018 - 19:01 Portuguese
Poesia/Meditación Tempo(s) 1 1.272 03/08/2018 - 18:43 Portuguese
Poesia/Fantasía Surrealidades 1 1.122 03/08/2018 - 18:42 Portuguese
Poesia/Tristeza Emocão 5 1.480 03/08/2018 - 16:48 Portuguese
Poesia/Dedicada Mulher-Dor 3 586 03/08/2018 - 16:14 Portuguese
Poesia/Intervención E a festa veste-se em cada madrugada 3 1.155 02/27/2018 - 11:43 Portuguese
Poesia/Meditación À míngua 0 1.115 12/30/2015 - 22:36 Portuguese
Poesia/Intervención Não invoquem o meu nome em vão 0 1.524 11/25/2015 - 02:18 Portuguese
Prosas/Otros Da alma 0 680 09/01/2015 - 19:58 Portuguese
Poesia/Fantasía Surreal XXVIII 0 1.015 09/01/2015 - 19:29 Portuguese
Poesia/Intervención Da destemperança 0 1.370 08/26/2015 - 01:35 Portuguese
Poesia/Meditación E no entre-Tanto faço caminho 0 942 07/02/2015 - 23:55 Portuguese
Poesia/Meditación E continuamos pequeninos! 0 1.379 06/02/2015 - 20:15 Portuguese
Poesia/Intervención Nem te renego nem me nego 0 1.365 04/25/2015 - 02:08 Portuguese
Poesia/Dedicada Laudatória 0 831 03/24/2015 - 19:03 Portuguese
Poesia/Dedicada És...Mulher 0 1.173 03/08/2015 - 18:53 Portuguese
Poesia/Amor Vida(s) 0 1.122 02/14/2015 - 18:07 Portuguese
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 1.453 02/13/2015 - 16:30 Portuguese
Poesia/Dedicada Olhares 0 1.707 01/22/2015 - 01:58 Portuguese
Prosas/Otros Do exato momento da VIragem 0 1.147 12/30/2014 - 14:27 Portuguese