CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Cativa Saliva na boca triste

Cativa Saliva na minha boca triste,
Com sabor a Fel que ainda persiste
murmurios porventura afogados
suaves beijos em meus labios castrados.

Houve aquele momento de paixão
de ternura, amor e compreensão
soltou-se toda a fina panóplia
como se este original, fosse apenas cópia.

Bradaram as virtudes em ti ricas
Cantaram epopeias  em finas melodias
anunciaram a pujante felicidade
de nada tudo agora me deixa saudade.

foi como um filme bem conseguido
de realização tão majestosa
foi um presente vilmente oferecido
que se perdeu a conseguida  prosa.

Feridas de um prometido amor 
cicatrizes latentes de dor
mata-se assim o actor
que de relacionamentos não é doutor.

Sobra em imensa ilusão
o que outrora apelidei de paixão
sobra a inércia de um corpo triste
onde outrora era tesão em riste.

articulo no silêncio as palavras
como se fossem fortes amarras
guardo contudo a saliva,
para que em mim  o amor viva.

Submited by

segunda-feira, junho 4, 2012 - 12:52

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Mefistus

imagem de Mefistus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 semanas 2 dias
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 3083

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Mefistus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Saber A Mar! 4 1.385 02/19/2019 - 15:26 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta -Parte 1 - Capítulo 3 0 1.316 02/07/2015 - 10:18 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta -Parte 1 - Capítulo 2 0 1.280 02/07/2015 - 10:11 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta - Parte 1 - Capítulo 1 - 0 1.034 02/07/2015 - 10:07 Português
Prosas/Contos Desculpa se sou Puta! - Introdução 0 1.165 02/07/2015 - 10:03 Português
Prosas/Contos Desculpa se sou Puta! - Introdução 0 1.272 02/07/2015 - 10:00 Português
Poesia/Amor Saber A Mar! 0 0 07/09/2012 - 14:31 Português
Poesia/Amor Saber A Mar! 0 2.019 07/09/2012 - 14:30 Português
Poesia/Aforismo Cativa Saliva na boca triste 0 3.651 06/04/2012 - 12:52 Português
Poesia/Meditação Haveria Sempre Poesia, Nas horas loucas de maresia 2 2.134 04/21/2012 - 04:56 Português
Poesia/Desilusão Melancolia 0 1.698 11/04/2011 - 11:11 Português
Poesia/Pensamentos Para onde vou ó dor! 0 1.162 11/04/2011 - 10:42 Português
Poesia/Meditação Trova a dois Terços! 0 1.602 11/04/2011 - 10:34 Português
Poesia/Intervenção Ó Chefe dá-me um emprego! 1 2.037 10/25/2011 - 09:30 Português
Poesia/Dedicado Em amêndoas Tragado 3 1.947 10/24/2011 - 09:15 Português
Poesia/Intervenção Uma breve nostalgia! 0 1.768 10/24/2011 - 09:06 Português
Poesia/Meditação No pio da Perdiz 0 1.924 10/24/2011 - 08:58 Português
Poesia/Fantasia Baila Marisa Baila! 3 2.581 09/01/2011 - 10:17 Português
Prosas/Terror Diablo- Capitulo 4 (parte 4/4) 0 1.831 04/09/2011 - 00:02 Português
Prosas/Terror Diablo - Capitulo 4 ( parte 3/4) 0 2.106 04/08/2011 - 23:59 Português
Prosas/Terror Diablo - Capitulo 4 ( parte 2/4) 0 1.643 04/08/2011 - 23:56 Português
Prosas/Terror Diablo Capitulo 4 (Parte 1/4). 0 2.626 04/08/2011 - 23:49 Português
Prosas/Terror Diablo Capitulo 3 (Parte 3/3) 0 1.859 04/08/2011 - 23:46 Português
Poesia/Meditação Dançarina de saia Púpura 2 2.282 04/07/2011 - 22:35 Português
Poesia/Meditação Como um corpo suspenso em cordas de linho 1 2.297 02/27/2011 - 19:51 Português