CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Dançarina de saia Púpura

Nasces no prazer de te ver, presente

Cresces no amor de quem te sente

Quem és tu, maravilhosa criatura

que ao meus corpo, fazes diabrura.

 

Dançarina de saia púrpura

meia volta rodada, pura

Num gingado majestoso

efémero este meu gozo.

 

Tinha-te guardada na minha caixa de música

que pela noite fria em solidão tocava,

embevecido nessa tua  melodia secreta

tinha-te assim no meu colo, certa!

 

Agora a corda não tem mais vida,

A caixa de musica está para sempre perdida

não há mais dança nas noites frias

Não há mais calor num corpo velho!

 

Submited by

quinta-feira, abril 7, 2011 - 22:41

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Mefistus

imagem de Mefistus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 19 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 3083

Comentários

imagem de Susan

Tal qual a melodia mágica de

Tal qual a melodia mágica de uma caixinha de música ,

é oteu rico poema ...

Muito bom !!!!

Beijos

Susan

imagem de MarneDulinski

Dançarina de saia Púpura

Belíssimo poema, gostei muito como sempre!

Meus parabéns,

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Mefistus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Saber A Mar! 4 1.115 02/19/2019 - 16:26 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta -Parte 1 - Capítulo 3 0 1.163 02/07/2015 - 11:18 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta -Parte 1 - Capítulo 2 0 1.083 02/07/2015 - 11:11 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta - Parte 1 - Capítulo 1 - 0 907 02/07/2015 - 11:07 Português
Prosas/Contos Desculpa se sou Puta! - Introdução 0 1.000 02/07/2015 - 11:03 Português
Prosas/Contos Desculpa se sou Puta! - Introdução 0 1.073 02/07/2015 - 11:00 Português
Poesia/Amor Saber A Mar! 0 0 07/09/2012 - 15:31 Português
Poesia/Amor Saber A Mar! 0 1.667 07/09/2012 - 15:30 Português
Poesia/Aforismo Cativa Saliva na boca triste 0 3.436 06/04/2012 - 13:52 Português
Poesia/Meditação Haveria Sempre Poesia, Nas horas loucas de maresia 2 1.886 04/21/2012 - 05:56 Português
Poesia/Desilusão Melancolia 0 1.417 11/04/2011 - 12:11 Português
Poesia/Pensamentos Para onde vou ó dor! 0 1.016 11/04/2011 - 11:42 Português
Poesia/Meditação Trova a dois Terços! 0 1.418 11/04/2011 - 11:34 Português
Poesia/Intervenção Ó Chefe dá-me um emprego! 1 1.604 10/25/2011 - 10:30 Português
Poesia/Dedicado Em amêndoas Tragado 3 1.716 10/24/2011 - 10:15 Português
Poesia/Intervenção Uma breve nostalgia! 0 1.514 10/24/2011 - 10:06 Português
Poesia/Meditação No pio da Perdiz 0 1.683 10/24/2011 - 09:58 Português
Poesia/Fantasia Baila Marisa Baila! 3 2.306 09/01/2011 - 11:17 Português
Prosas/Terror Diablo- Capitulo 4 (parte 4/4) 0 1.721 04/09/2011 - 01:02 Português
Prosas/Terror Diablo - Capitulo 4 ( parte 3/4) 0 1.916 04/09/2011 - 00:59 Português
Prosas/Terror Diablo - Capitulo 4 ( parte 2/4) 0 1.473 04/09/2011 - 00:56 Português
Prosas/Terror Diablo Capitulo 4 (Parte 1/4). 0 2.486 04/09/2011 - 00:49 Português
Prosas/Terror Diablo Capitulo 3 (Parte 3/3) 0 1.615 04/09/2011 - 00:46 Português
Poesia/Meditação Dançarina de saia Púpura 2 2.099 04/07/2011 - 23:35 Português
Poesia/Meditação Como um corpo suspenso em cordas de linho 1 1.939 02/27/2011 - 20:51 Português