CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

E sorri à madrugada

A sonhar escrevi-te um poema
decalcado na pele do teu corpo.
Decifrava-o como língua gestual
seguias o movimento labial.

Mas perdias-te…
E eu repetia
num crescendo sensual,
Seria da sedutora poesia
ou teu amar que crescia?

(Ao acordar tudo se esfumara
como rua lavada após chuvada)

Em lençóis alvos amarfanhada,
na mão tua imagem desenhada
reconstituí a memória desfocada,
soletrando cada palavra inventada
…E sorri à madrugada.

OF 19-09-12
Imagem em http://portate-mal.blogspot.pt/

Submited by

domingo, junho 22, 2014 - 22:50

Poesia :

No votes yet

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 23 semanas 4 dias
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1926

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 1.134 03/15/2018 - 13:59 Português
Poesia/Tristeza Música 1 1.142 03/15/2018 - 13:58 Português
Poesia/Desilusão Apenas mais um dia 1 1.769 03/15/2018 - 13:57 Português
Poesia/Meditação Se a vida fosse sempre assim 1 1.240 03/15/2018 - 13:56 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Seres incompletos 3 1.494 03/15/2018 - 13:56 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 1 641 03/08/2018 - 19:01 Português
Poesia/Meditação Tempo(s) 1 1.271 03/08/2018 - 18:43 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 1 1.122 03/08/2018 - 18:42 Português
Poesia/Tristeza Emocão 5 1.480 03/08/2018 - 16:48 Português
Poesia/Dedicado Mulher-Dor 3 585 03/08/2018 - 16:14 Português
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 3 1.155 02/27/2018 - 11:43 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 1.115 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 1.519 11/25/2015 - 02:18 Português
Prosas/Outros Da alma 0 679 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 0 1.015 09/01/2015 - 19:29 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 1.360 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 939 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 1.367 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 1.364 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 830 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 1.173 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 1.121 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 1.453 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 1.706 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 1.147 12/30/2014 - 14:27 Português