CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ensopado humorado

Mesa de sete
(pessoas)
duas, poetas
cinco, de conversas
comidas poéticas
vinho de tertúlias
riso de misturas…
Pratos saboreados
- a rigor –
rapados…
Grelhados
de aprimorado sabor.
Ensopados
(bem) temperados
poesia de amor
em soluço de riso dita
Apolónia de nome
espaço de emoção
em afeto poético
partilhado…
Paisagem de cenário
Palha, o mar
barquinhos de brincar
peixe (100) espinhas
a veranear
fotos do momento
gasolina do pensamento
wc de fantasia
– saiu poesia…
1 de Abril
águas mil
tanto riso
muito siso
em escorregadio piso…
Antologia Inverno
foi (pre)texto…
Recortes poéticos
ensopado bem humorado
estampado
nos comensais
olhar lambuzado
nos doces divinais…
Sei. Voltarei incógnita
colorindo brancos areais…

OF 01-04-12

(Um poema escrito tendo por pano de fundo a ida a um restaurante - havia ganho um voucher de 30 euros num concurso - e  uma  tarde bem passada em boas companhias, para a zona da Moita e Barreiro. No dia anterior, havia estado presente no lançamento de uma Antologia onde consta o poema "Bipolaridade no amor" )

http://portate-mal.blogspot.pt/

Submited by

quinta-feira, abril 5, 2012 - 01:40

Poesia :

Your rating: None (4 votes)

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 4 semanas
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1924

Comentários

imagem de SuzeteBrainer

Querida Amiga

Estava saudosa de ler-te...Encontro aqui, esse teu humor refinado,acompanhado com a tua bela poesia e esse teu universo colorido de imagens,cenas e risos...

Parabéns pelo poema publicado na antologia!!

Beijo e abraço saudoso.

imagem de Odete Ferreira

P/ Suzete Brainer (Ensopado humorado)

Querida amiga, Suzete: sempre o teu doce e benevolente olhar sobre estes rabiscos...Humor refinado, uau, fiquei

com um sorriso bem aberto!

Grata mesmo pela tua essência humana, vale ouro!

Quanto a antologias, vou participando em algumas, a convite. Estou em duas brasileiras e em duas portuguesas...

E sabes só terei mesmo saudade se partires deste espaço da waf. Sabendo-te cá, estás comigo!

Bjos de um imenso carinho :)

imagem de Jorge Humberto

Minha querida, Odete,

Minha querida, Odete,

mesa farta de poesia e de companheirismo, pratos lambuzados de riso, de côdea e miolo, rapando o humor, bem refinado... "W.C de fantasia - saiu poesia"...rs

Faz falta o humor, o riso (mesmo que não venha siso...rs)

Gostei.

Beijinhos mil
Jorge Humberto

imagem de Odete Ferreira

P/ Jorge Humberto (Ensopado humorado)

Amigo, Jorge Humberto, agradecida pela tua presença e partilha (humorada, também)no comentário!

Claro que quem escreve não tem que ter aquele ar soturno como se o mundo fosse acabar!

A poesia é vida e a vida tem de tudo, é sábia!!!

Bjo, amigo :)

imagem de Henricabilio

parece mentira...

um poema à mesa
com outros poetas,
tertulia que preza
as palavras certas
e mesmo nesse dia cru
com a mentira no menu.

Saudações!

Abilio

imagem de Odete Ferreira

P/ Abílio Henriques

Amigo Abílio, grata pela leitura e apreciação.

No poema e na anterior resposta, já dei um lamiré sobre o poema...

Uma brincadeira :)

Bjo

imagem de Henrique

riso de misturas…

O retrato de um momento lambuzado de "ser poeta"!

A arte à mesa da alma,

SEM ESPINHAS...

Fantástico Odete.

Beijinho

:-)

imagem de Odete Ferreira

P/ Henrique

Amigo Henrique, como fiquei surpreendida por este rabisco ter agradado tanto...
Escrevi-o num café perto de uma central de autocarros, no Porto, enquanto esperava para regressar à terrinha.
Dei a explicação deste ensopado humorado, no próprio poema.

Só posso agradecer-te o teu apreço...

Bjo, amigo :)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 1.565 03/15/2018 - 13:59 Português
Poesia/Tristeza Música 1 1.398 03/15/2018 - 13:58 Português
Poesia/Desilusão Apenas mais um dia 1 2.015 03/15/2018 - 13:57 Português
Poesia/Meditação Se a vida fosse sempre assim 1 1.457 03/15/2018 - 13:56 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Seres incompletos 3 1.766 03/15/2018 - 13:56 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 1 864 03/08/2018 - 19:01 Português
Poesia/Meditação Tempo(s) 1 1.548 03/08/2018 - 18:43 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 1 1.345 03/08/2018 - 18:42 Português
Poesia/Tristeza Emocão 5 1.774 03/08/2018 - 16:48 Português
Poesia/Dedicado Mulher-Dor 3 982 03/08/2018 - 16:14 Português
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 3 1.610 02/27/2018 - 11:43 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 1.427 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 1.833 11/25/2015 - 02:18 Português
Prosas/Outros Da alma 0 892 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 0 1.309 09/01/2015 - 19:29 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 2.492 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 1.669 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 2.284 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 2.039 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 1.097 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 1.573 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 1.443 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 1.644 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 2.410 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 1.513 12/30/2014 - 14:27 Português