CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Eu Somos, Eles É

Eu Somos, Eles É

Se eu fomentar
Ele vai dilatar
Se eu delatar
Ele vai deletar-me
E ele vai deleitar
Não vou lá jantar
Não vou lá juntar-me
Ninguém sem charme

Se eu não fomentar
Ele também vai dilatar
Mas se eu não delatar
Ele não vai deletar-me
E ele vai deleitar
Eu fui lá jantar
E fui lá juntar-me
Alguém com charme
Não vão detectar-me

Se ele (não) fomentar
Agora vou eu dilatar
Há que saber estar
Até o canapé ter calo
Porque se ele não delatar
Eu não vou deletá-lo
E eu vou deleitar
Ele vem cá jantar
E vou cá juntá-lo
O meu próprio vassalo

Se ninguém fomentar
Alguém vai ao ** dilatá-lo
Mas ninguém vai delatar-me
Um violador com charme
Todos vão deletá-lo
O bebé veio cá jantar
Ninguém se veio a jantá-lo
Todos queriam juntá-lo
À família do trabalho
Onde eu somos, eles é
Cada cargo no seu galho
A falta de pé a deleitar o tripé:

«“Vimo-nos por este meio isentar
Foi ninguém que decidiu cá jantar
E o assédio é um grande flagelo
Fazemos de delatar longe um apelo
Até temos um gabinete a detectá-lo
Pelo telescópio, em forma de falo
Um anti-caralho revestido de halo
Mas não se cospe no prato que dilata
Ninguém em alguém, a casa onde janta
Quem junta a possibilidade de fomentar
Bebés a saber dizer “há que saber estar”».

(06-10-2021)

Submited by

terça-feira, junho 11, 2024 - 09:12

Poesia :

No votes yet

Fran Silveira

imagem de Fran Silveira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 dias 21 horas
Membro desde: 09/29/2012
Conteúdos:
Pontos: 162

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Fran Silveira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Haikai Ex-Haiku Do Além 0 51 06/11/2024 - 09:20 Português
Poesia/Comédia Eu Somos, Eles É 0 56 06/11/2024 - 09:12 Português
Poesia/Pensamentos Como Voltar Um Lugar A Mim? 0 1.059 12/28/2018 - 21:00 Português
Poesia/Meditação Horror Ao Vazio 0 1.115 05/08/2018 - 05:18 Português
Poesia/Comédia Super-Pouco (Dêem-me Um Pouco De Atenção, Por Favor, Se Faz Favor) 0 1.412 03/14/2017 - 23:07 Português
Poesia/Paixão Adoração 0 1.264 02/25/2017 - 12:48 Português
Poesia/Pensamentos (Turquesa '98) 0 941 12/29/2016 - 07:09 Português
Poesia/Fantasia Avelãs & Libélulas 1 865 12/08/2016 - 13:53 Português
Poesia/Amor Ganchos 0 925 10/26/2015 - 03:13 Português
Poesia/Fantasia (En)Canto Do Cisne Laranja 0 1.212 11/23/2013 - 02:57 Português
Poesia/Paixão 14 0 1.201 11/11/2013 - 01:12 Português
Poesia/Paixão Quimono Circunflexo 0 1.121 11/01/2013 - 03:28 Português
Prosas/Pensamentos Espiral 0 1.128 08/16/2013 - 01:44 Português
Prosas/Pensamentos Ecrã 0 1.051 08/15/2013 - 20:42 Português
Poesia/Fantasia Alba Atroz / Panda Crónico 0 1.095 07/31/2013 - 23:50 Português
Prosas/Pensamentos Transcorrer 0 1.121 02/11/2013 - 00:31 Português
Prosas/Outros Manifesto Depurista 0 910 02/09/2013 - 17:29 Português
Poesia/Pensamentos Memento Mori 0 1.017 11/29/2012 - 04:25 Português
Poesia/Pensamentos Rosa Em Azul 0 962 10/28/2012 - 20:22 Português
Poesia/Pensamentos Lanterna De Papel 3 1.045 10/15/2012 - 22:41 Português
Poesia/Pensamentos Anos De Chocolate 1 986 10/06/2012 - 16:17 Português
Poesia/Pensamentos Palavra Puxa Silêncio 0 835 10/06/2012 - 15:13 Português
Poesia/Fantasia Última Noite Na Ponte Dos Sonhos 0 963 10/04/2012 - 14:57 Português
Poesia/Paixão Reacção À Química 0 937 10/04/2012 - 14:54 Português
Poesia/Desilusão Enfado-me Deste Fado / Epopeia Do Fracasso 0 1.164 10/04/2012 - 14:44 Português