CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Quimono Circunflexo

Quimono Circunflexo

Podia ver-te na roupa de um álbum preferido,
A estética Inventada antes de te conhecer.
Eras nua e cabelo negro por brotar corrido.
Metade minha, a tua silhueta à flor da porta,
Em vão, quando nasces secundária no eu te querer.
És oriente corpóreo onde o real nem te nota.

Chapéus fora pela rapariga que esperava
Ela esperava por eles, ela esperava por nós.
Por mim! Em devaneios meus abancados de voz.
Eram chances e innuendos em tudo o que não falava.

“Não ter de lutar por uma força maior
Porquanto ela mesmo lutará por ti.”
Disso lema, e fazer de invectiva o fluxo da cena
No enquanto insustentável de acentuar o pormenor
Conjugo leveza, e acontece se valer a pena.

Um brinde à rapariga que desesperava
Eu desesperava por eles, eu desesperava por mim.
Por ela! Num serão adolescente sem tacto no fim.
Eras multidão a solo que no escuro ateava.

Ao sopro e viciado na emoção mais rente,
Outra pluma lançada num sempiterno retorno.
Sakuras circunstanciais e livre-arbítrio embotado,
Todas enlevos efémeros num homem moderno.
És a doença evidente na absência que curas.

Uma vénia à rapariga que convidava
Ela convidava-os a eles, eu convidava-me a mim.
Por vida! Num torpor conivente que assentia com sim.
Era o anuário de liceu que o auge passional cessava.

Vertigens cruzadas, e "bom dia" em vez de tanto
Por extrair das pernas em escrutínio sentadas.
Eles eram o eco constante a subtrair-me do pranto,
“Nós” era adorno em que te perseguia o semblante.
Fosse tu naqueles fúteis sussurros, sibilar-me-ia:

"Apupos para o rapaz que expectava
Ele expectava por si na expectativa do mundo.
Por medo! Só num banco com o ego no fundo.
Era um estranho com nome que nem atentava:"

"O que é o idealismo senão a pena que perpetuo,
A falta de amor-próprio projectada no próximo...
Objecto criado de uma existência a que excluo
A liberdade de não me ser um peso sinónimo?"

(01-11-2013)

Submited by

sexta-feira, novembro 1, 2013 - 02:28

Poesia :

No votes yet

Fran Silveira

imagem de Fran Silveira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 1 dia
Membro desde: 09/29/2012
Conteúdos:
Pontos: 152

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Fran Silveira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Como Voltar Um Lugar A Mim? 0 64 12/28/2018 - 20:00 Português
Poesia/Meditação Horror Ao Vazio 0 228 05/08/2018 - 04:18 Português
Poesia/Comédia Super-Pouco (Dêem-me Um Pouco De Atenção, Por Favor, Se Faz Favor) 0 251 03/14/2017 - 22:07 Português
Poesia/Paixão Adoração 0 263 02/25/2017 - 11:48 Português
Poesia/Pensamentos (Turquesa '98) 0 311 12/29/2016 - 06:09 Português
Poesia/Fantasia Avelãs & Libélulas 1 169 12/08/2016 - 12:53 Português
Poesia/Amor Ganchos 0 267 10/26/2015 - 02:13 Português
Poesia/Fantasia (En)Canto Do Cisne Laranja 0 411 11/23/2013 - 01:57 Português
Poesia/Paixão 14 0 378 11/11/2013 - 00:12 Português
Poesia/Paixão Quimono Circunflexo 0 424 11/01/2013 - 02:28 Português
Prosas/Pensamentos Espiral 0 333 08/16/2013 - 00:44 Português
Prosas/Pensamentos Ecrã 0 451 08/15/2013 - 19:42 Português
Poesia/Fantasia Alba Atroz / Panda Crónico 0 386 07/31/2013 - 22:50 Português
Prosas/Pensamentos Transcorrer 0 359 02/10/2013 - 23:31 Português
Prosas/Outros Manifesto Depurista 0 313 02/09/2013 - 16:29 Português
Poesia/Pensamentos Memento Mori 0 411 11/29/2012 - 03:25 Português
Poesia/Pensamentos Rosa Em Azul 0 368 10/28/2012 - 19:22 Português
Poesia/Pensamentos Lanterna De Papel 3 505 10/15/2012 - 21:41 Português
Poesia/Pensamentos Anos De Chocolate 1 371 10/06/2012 - 15:17 Português
Poesia/Pensamentos Palavra Puxa Silêncio 0 261 10/06/2012 - 14:13 Português
Poesia/Fantasia Última Noite Na Ponte Dos Sonhos 0 367 10/04/2012 - 13:57 Português
Poesia/Paixão Reacção À Química 0 330 10/04/2012 - 13:54 Português
Poesia/Desilusão Enfado-me Deste Fado / Epopeia Do Fracasso 0 535 10/04/2012 - 13:44 Português
Poesia/Tristeza Catalisa Dor 0 324 10/01/2012 - 00:52 Português
Poesia/Pensamentos 1993-2008; 2011-? 0 344 10/01/2012 - 00:50 Português