CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Intento

De água evaporaram-se tristezas sentinelas
De em bruto ódio margaridas murcharam o chão do peito.
Vasos de guerra ao horizonte
Em rumo ás estrelas dançarinas,
Violetas, purpurinas, sopa de prece cobre de azeite.
E eu que em tanto queria querer a querer a vida a correr…
Bati terra pelo fogo cortei vidros nos meus pés…
E as lágrimas sentinelas nos olhos como janelas
Carpiam cometas e marés.
Do tanto que acreditava em cegonhas bruxas e fadas
Barrigas cheias de França…
E as mães tinham feijões mandioca de ilusões
Mas já não tinham crianças.
Arenoso um canhão cantava cactos abandonado na terceira rua esquerda avenida da contenda alameda da escuridão.
Esta noite um absinto digo verdades e minto,
Digo o que me vem á mão.
Talvez máquinas voadoras e ideias castradoras que me em bares á madrugada…
Quem sabe mesmo um vapor circum-navegue o amor e te descubra á alvorada.
 

Submited by

segunda-feira, setembro 5, 2011 - 16:52

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Lapis-Lazuli

imagem de Lapis-Lazuli
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 41 semanas
Membro desde: 01/12/2010
Conteúdos:
Pontos: 1178

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Lapis-Lazuli

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/ - 3517 1 1.902 03/13/2018 - 21:32 Português
Poesia/Aforismo In Vapore Sano 4 1.248 03/13/2018 - 21:32 inglês
Poesia/Aforismo Era só isto que eu queria dizer 1 993 02/27/2018 - 10:22 inglês
Poesia/Aforismo salgo :33 Isaías sonha que aos fala aos camones 0 967 06/20/2014 - 15:41 inglês
Poesia/Geral Boca Do Inferno 0 4.556 07/04/2013 - 22:44 Português
Poesia/Pensamentos veludo 3 1.686 05/15/2013 - 17:34 Português
Poesia/Aforismo Segundo Reza a Morte 0 1.178 10/04/2011 - 17:19 Português
Poesia/Meditação Fumo 0 1.428 09/23/2011 - 12:00 Português
Poesia/Aforismo De olhos fechados 3 1.833 09/20/2011 - 22:11 Português
Poesia/Aforismo Tundra 0 1.554 09/20/2011 - 16:36 Português
Poesia/Meditação Vazio 3 1.620 09/16/2011 - 11:00 Português
Poesia/Aforismo Intento 0 1.035 09/05/2011 - 16:52 Português
Poesia/Aforismo Palma Porque sim...Minha Senhora da Solidão 0 1.256 08/29/2011 - 11:13 Português
Poesia/Aforismo Editorial 0 1.385 08/29/2011 - 11:08 Português
Poesia/Pensamentos Ermo Corpo Desabitado 0 1.499 08/29/2011 - 11:04 Português
Poesia/Aforismo Dos passos que fazem eco 1 1.175 06/21/2011 - 22:06 Português
Poesia/Meditação Autoretrato sem dó menor 3 2.157 03/28/2011 - 23:34 Português
Poesia/Aforismo Todo o mundo que tenho 2 1.475 03/09/2011 - 08:23 Português
Fotos/ - 3516 0 2.603 11/24/2010 - 00:55 Português
Fotos/ - 3518 0 2.509 11/24/2010 - 00:55 Português
Fotos/ - 2672 0 3.664 11/24/2010 - 00:51 Português
Prosas/Outros A ultima vez no mundo 0 1.195 11/18/2010 - 23:56 Português
Prosas/Outros Os filhos de Emilia Batalha 0 1.451 11/18/2010 - 23:56 Português
Poesia/Desilusão Veredictos 0 1.104 11/18/2010 - 16:41 Português
Poesia/Intervenção Nada mais fácil que isto 0 1.590 11/18/2010 - 16:41 Português