CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sonho mental

Sonhei?
Não sei!
Era preciso sonhar
e deixar vaguear
o inconsciente
remexendo a mente?

Passiva, no meu sonho,
seria então sua escrava.
A sabedoria
feita vivência
roubada seria,
sem eu sentir nada!

Não quero nada disso!
Do meu pensamento
quero ser dona,
estar sempre consciente,
dos sonhos que sonho acordada.

Moldo-os então,
como costureira
em saia rodada.
Rodopiam à minha frente,
fazem a dança pensada.

Em valsa ou tango sensual
ou em ritmo frenético,
sacode-se todo um corpo,
fazendo esgares de frémito.

Sou então possuída
de um prazer sem igual.
Preciso sonhar
se sonho a caminhar?

Assim é que deve ser o sonho,
pensado,
concretizado
num futuro…
Ainda que seja mental…

OF 17-04-2011

http://portate-mal.blogspot.pt/

Submited by

quinta-feira, janeiro 12, 2012 - 23:13

Poesia :

No votes yet

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 3 semanas
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1924

Comentários

imagem de musarenascentista

BEM VINDA AMIGA

Sonhos de mel das palavras em dança de sentidos qual abelha rodopiando o poema flor à procura do néctar POESIA...

Bjinhos

imagem de Odete Ferreira

P/ musarenascentista

Procurei-te e achei-te...

Obg pela tua presença e pelo comentário "dançante" nos sentidos da fantasia...

Bjos, Ana :)

imagem de Henricabilio

Sonhos...

Entre

O sonho e a realidade

Navegamos;

Bata à porta da felicidade,

Entre

E vamos!

 

 

(Eis um tema incontornável em poesia.)

Saudações!

_Abilio.

imagem de Odete Ferreira

Para Abílio (Sonho mental)

Obg pela visita e generoso comentário, amigo Abílio.

Sonhar acordada é do melhor que há!!!

Bjinho smiley

imagem de Jorge Humberto

Querida amiga Odete,

Querida amiga Odete,
 

se não achares falta de modéstia minha, ou humildade, gostaria de te convidar a ler meus últimos poemas. Muito Obrigado!

Beijinhos mil
Jorge Humberto

imagem de Jorge Humberto

Querida amiga Odete,

Querida amiga, Odete,

um prazer descobrir este teu belo poema, o sonho deve ser acordado, pensado e melhor ainda tu o descreves nestes versos simplesmente lindos:

"Moldo-os então,

         como costureira

         em saia rodada.

         Rodopiam à minha frente,

         fazem a dança pensada."
 

Parabéns!

beijinhos mil
Jorge Humberto
 

 

imagem de Odete Ferreira

P/Jorge Humberto

Obgigada, amigo Jorge, pelo teu gentil comentário...

O sonho acordado

é dourado

pela doce poesia...

Bjosmiley

imagem de SuzeteBrainer

Querida Amiga

Gostei muito da dinâmica mental como o teu poema aborda o ato de sonhar...

        "Moldo-os então,

         como costureira

         em saia rodada.

         Rodopiam à minha frente,

         fazem a dança pensada."

Que bela essa tua construção poética!!

Adoro ler-te, amigawink

Beijinhosmiley

 

        

imagem de Odete Ferreira

P/SuzeteBrainer (Sonho mental)

Amiga Suzete: nem sei como te agradecer, sempre tão assídua e doce!smiley

Obg por gostares desta forma "domesticada" de sonhar o sonho!

Bjos, no teuheart

imagem de Nostalgia

A mente dos poetas não pára

A mente dos poetas não pára de pensar.

Penso logo existo,
se existo,
Penso, sonho, exercito.

E que belo exercício,
aqui está escrito.

wink yes

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 1.557 03/15/2018 - 13:59 Português
Poesia/Tristeza Música 1 1.386 03/15/2018 - 13:58 Português
Poesia/Desilusão Apenas mais um dia 1 2.006 03/15/2018 - 13:57 Português
Poesia/Meditação Se a vida fosse sempre assim 1 1.454 03/15/2018 - 13:56 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Seres incompletos 3 1.754 03/15/2018 - 13:56 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 1 860 03/08/2018 - 19:01 Português
Poesia/Meditação Tempo(s) 1 1.543 03/08/2018 - 18:43 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 1 1.327 03/08/2018 - 18:42 Português
Poesia/Tristeza Emocão 5 1.769 03/08/2018 - 16:48 Português
Poesia/Dedicado Mulher-Dor 3 977 03/08/2018 - 16:14 Português
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 3 1.603 02/27/2018 - 11:43 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 1.414 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 1.829 11/25/2015 - 02:18 Português
Prosas/Outros Da alma 0 882 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 0 1.302 09/01/2015 - 19:29 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 2.479 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 1.663 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 2.273 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 2.035 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 1.093 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 1.564 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 1.438 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 1.632 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 2.404 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 1.504 12/30/2014 - 14:27 Português