CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A uma ausência não querida

Naquela saudade feita urgente
Olhar da tua imagem preenchido
Coração escondido no poente
Sinto a tristeza do tempo partido.

Ladra de uma ausência não querida
Porfio minha mágoa no meu rio
Revejo instantes de tua partida
E abraço lembranças em desvario.

Ondulante sobrevoa meu sorriso
Em águas magoadas me fixo
Estilhaçada, minha alma te envio.

Dilacera-me a dor réstias de siso
No peito trago preso um crucifixo
Arranca-mo e bebe meu ser bravio.

OF – 19-02-14
Foto em http://portate-mal.blogspot.pt/

Submited by

domingo, março 2, 2014 - 00:10

Poesia :

No votes yet

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 28 semanas
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1924

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 1.770 03/15/2018 - 12:59 Português
Poesia/Tristeza Música 1 1.537 03/15/2018 - 12:58 Português
Poesia/Desilusão Apenas mais um dia 1 2.316 03/15/2018 - 12:57 Português
Poesia/Meditação Se a vida fosse sempre assim 1 1.744 03/15/2018 - 12:56 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Seres incompletos 3 2.200 03/15/2018 - 12:56 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 1 1.056 03/08/2018 - 18:01 Português
Poesia/Meditação Tempo(s) 1 1.689 03/08/2018 - 17:43 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 1 1.628 03/08/2018 - 17:42 Português
Poesia/Tristeza Emocão 5 2.062 03/08/2018 - 15:48 Português
Poesia/Dedicado Mulher-Dor 3 1.575 03/08/2018 - 15:14 Português
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 3 1.778 02/27/2018 - 10:43 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 1.827 12/30/2015 - 21:36 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 1.956 11/25/2015 - 01:18 Português
Prosas/Outros Da alma 0 1.083 09/01/2015 - 18:58 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 0 1.559 09/01/2015 - 18:29 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 2.853 08/26/2015 - 00:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 1.822 07/02/2015 - 22:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 2.547 06/02/2015 - 19:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 2.282 04/25/2015 - 01:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 1.280 03/24/2015 - 18:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 1.821 03/08/2015 - 17:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 1.608 02/14/2015 - 17:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 1.913 02/13/2015 - 15:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 2.712 01/22/2015 - 00:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 1.868 12/30/2014 - 13:27 Português