CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

CONTACTO ALIENÍGENA - A MORTE QUE VEIO DO ESPAÇO

A morte chegou célere!...

Simultaneamente e em distintos pontos da Terra, vários seres humanos e inúmeros animais, tombaram fulminados pela misteriosa morte que chegou do Espaço sem qualquer aviso.

Todas as vítimas ficaram reduzidas a cinzas em segundos e nalguns casos foram observados ossos de tal forma reduzidos, que ficou a ideia de que os corpos terão dramaticamente encolhido no último sopro de vida.

Não se ouviram gritos, nem se sentiram odores de carne queimada e, para adensar ainda mais o mistério, a todos os falecidos sobreviveram as suas roupas e o seu calçado, como se esse fogo misterioso apenas consumisse a carne.

Todos os Observatórios Espaciais registaram, por fracções de segundo, o aumento de uma energia desconhecida com origem em parte incerta que, tão rápida como surgiu, assim se desvaneceu sem deixar qualquer rasto.

Os governantes e a comunidade científica viram-se na contingência de emitir comunicados para tentar conter a onda alarmista que se seguiu, pois a notícia já chegara à população de todo o planeta.

Apesar de disso, a Humanidade estava à beira da histeria total, numa crise existencial sem precedentes e as expressões “Castigo Divino” e “Fim do Mundo”, ganhavam cada vez mais eco nas gargantas assustadas.

E no entanto...

* * *

Sempre que nos encontramos, fazemos uma grandiosa festa entre todos...

Afinal passamos imenso tempo sem nos convivermos, pois o universo é vasto.

Como sempre também, alguns de nós abusaram na comida e na bebida, acabando por acontecer alguns dos habituais excessos...

Desta vez foi Kkall quem exagerou muito mais que seria aconselhável e, no intervalo de duas piadas de muito mau gosto, fez uma das suas brincadeiras preferidas - Baixou as calças, direccionou o traseiro e gargalhando gritou:

- Este vai para o pessoal da Via Láctea!...

E a flatulência saiu célere!...

08/02/2008, Henricabilio
________________________

NOTA IMPORTANTE:

Por mais estranho que pareça ao leitor, o tema deste conto é real e está documentado há pelos menos quatro séculos embora não exista uma explicação científica para o mesmo.

O fenómeno da Combustão Humana Espontânea, acontece quando pessoas são consumidas em questões de segundos por uma espécie de fogo sobrenatural que chega a atingir dois mil e quinhentos graus e que aparece vindo do nada.

A explicação satírica dada pelo autor é por isso mesmo tão válida como outra qualquer.

Abílio Henriques
__________________

Submited by

terça-feira, outubro 16, 2012 - 19:47
Average: 5 (1 vote)

Henricabilio

imagem de Henricabilio
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 42 semanas
Membro desde: 03/15/2012
Conteúdos:
Pontos: 1480

Comentários

imagem de Adolfo

Contato dos menos agradáveis,

Contato dos menos agradáveis, de todas as formas rsrsrsrsrsrs...

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henricabilio

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Nem sempre existe Poesia em ti... 24 1.254 08/31/2018 - 02:34 Português
Poesia/Dedicado DEDICATÓRIA: TU QUE VIAJAS COMIGO. 4 586 02/27/2018 - 10:42 Português
Poesia/Desilusão Pesadelo número três 1 590 06/04/2013 - 09:50 Português
Poesia/Fantasia POEMA ESCRITO ENQUANTO DORMIA 3 722 03/25/2013 - 21:49 Português
Poesia/Pensamentos criArte: Autores versus Leitores 1 714 02/07/2013 - 01:49 Português
Poesia/Intervenção Ou você se cala oh você se - ode 4 611 01/28/2013 - 19:10 Português
Poesia/Meditação Uma árvore tem sempre esperança 1 641 12/09/2012 - 16:19 Português
Poesia/Meditação Absurdos existenciAis 3 901 11/29/2012 - 23:11 Português
Poesia/Intervenção Poema por linhas tortas 3 869 11/21/2012 - 14:38 Português
Prosas/Ficção Cientifica CONTACTO ALIENÍGENA - No tempo em que os homens falavam 6 1.861 11/16/2012 - 17:03 Português
Prosas/Ficção Cientifica CONTACTO ALIENÍGENA - A MORTE QUE VEIO DO ESPAÇO 1 821 11/08/2012 - 20:08 Português
Poesia/Meditação Testamento poÉtico 2 652 10/13/2012 - 22:40 Português
Poesia/Amizade Dar à palavra o sentimento 3 538 09/25/2012 - 20:14 Português
Poesia/Alegria À pedra no meio do caminho 6 688 09/16/2012 - 17:28 Português
Poesia/Meditação Poema Big Bang 3 1.528 08/21/2012 - 22:29 Português
Prosas/Ficção Cientifica CONTACTO ALIENÍGENA - AOS OLHOS DE QUEM VÊ... 3 4.384 08/11/2012 - 22:40 Português
Prosas/Ficção Cientifica CONTACTO ALIENÍGENA - A GAIOLA 2 3.923 08/11/2012 - 22:20 Português
Ministério da Poesia/Geral VAMOS FAZER UM HAIKAI?!... 5 839 08/11/2012 - 22:16 Português
Poesia/Poetrix 7 jogos de palavras em 7 poetrix 8 955 07/16/2012 - 08:47 Português
Prosas/Mistério COM UM ÚNICO TIRO... (Microconto) 5 664 07/08/2012 - 00:04 Português
Poesia/Alegria Um poema breve, muito breve 15 842 07/05/2012 - 22:28 Português
Poesia/Meditação PEÇO PERDÃO 12 729 06/23/2012 - 16:36 Português
Poesia/Meditação Novo Poema ao Espelho|ohlepsE 4 828 06/22/2012 - 21:04 Português
Poesia/Geral Criatividade versus censura 8 851 06/10/2012 - 22:10 Português
Ministério da Poesia/Meditação As nascentes das ideias 5 827 05/28/2012 - 21:51 Português