CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Pesadelo número três

PESADELO NÚMERO TRÊS

Os tempos de frio e chuva impõem-se há meses,
Entrando por um abril de persistentes desencantos,
Onde até a natureza parece estar contra os portugueses…
A crise e as sementeiras arruinadas agudizam os prantos
– E não há luz que ilumine a esperança!

Os dias sucedem-se madraços e a nutrir depressões,
Entre lamentos mecânicos e as súplicas ao Senhor.
As árvores materializam as suas imperfeitas florações,
Antecipando um ano de muitas carências e algum temor
– E não há passo que não entre na dança!

As tardes são efémeras e coabitam com frugais devaneios
E uma ou outra réstia de sol, não aquece nem arrefece
A consciência daqueles que sentem os âmagos sobranceiros,
Desses tais que abraçam destinos que a ganância tece
– E ainda a caminhada é uma criança!

As noites são o apêndice de imensos pesadelos,
Onde todos se arrastam entre incertezas e pesares.
Longe virão as primaveras dos sonhos mais belos,
Com epílogos em outonos de venturas subliminares
– E apenas a miséria se apresta mansa!

Pelo alvorecer a tempestade adormece cansada
E os homens acordam e assentam os seus desencantos;
Afinal, tudo permaneceu na mesma e não se passou nada:
Tudo são trevas, tudo é desespero, tudo são prantos
– E tudo nesta vida é morte e cansa!

03.04.2013, Henricabilio

Submited by

quarta-feira, abril 3, 2013 - 23:43

Poesia :

Your rating: None (2 votes)

Henricabilio

imagem de Henricabilio
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 10 semanas
Membro desde: 03/15/2012
Conteúdos:
Pontos: 1480

Comentários

imagem de José Custódio Estêvão

É um poema de desespero que

É um poema de desespero que retrata bem o que estamos sentindo na alma e vao cotrroendo a es+perança.
Bem haja.
Um abraço
Estêvão

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henricabilio

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Nem sempre existe Poesia em ti... 25 1.327 12/13/2019 - 16:57 Português
Poesia/Dedicado DEDICATÓRIA: TU QUE VIAJAS COMIGO. 4 634 02/27/2018 - 11:42 Português
Poesia/Desilusão Pesadelo número três 1 640 06/04/2013 - 10:50 Português
Poesia/Fantasia POEMA ESCRITO ENQUANTO DORMIA 3 769 03/25/2013 - 22:49 Português
Poesia/Pensamentos criArte: Autores versus Leitores 1 767 02/07/2013 - 02:49 Português
Poesia/Intervenção Ou você se cala oh você se - ode 4 656 01/28/2013 - 20:10 Português
Poesia/Meditação Uma árvore tem sempre esperança 1 691 12/09/2012 - 17:19 Português
Poesia/Meditação Absurdos existenciAis 3 952 11/30/2012 - 00:11 Português
Poesia/Intervenção Poema por linhas tortas 3 930 11/21/2012 - 15:38 Português
Prosas/Ficção Cientifica CONTACTO ALIENÍGENA - No tempo em que os homens falavam 6 1.914 11/16/2012 - 18:03 Português
Prosas/Ficção Cientifica CONTACTO ALIENÍGENA - A MORTE QUE VEIO DO ESPAÇO 1 885 11/08/2012 - 21:08 Português
Poesia/Meditação Testamento poÉtico 2 697 10/13/2012 - 23:40 Português
Poesia/Amizade Dar à palavra o sentimento 3 582 09/25/2012 - 21:14 Português
Poesia/Alegria À pedra no meio do caminho 6 739 09/16/2012 - 18:28 Português
Poesia/Meditação Poema Big Bang 3 1.666 08/21/2012 - 23:29 Português
Prosas/Ficção Cientifica CONTACTO ALIENÍGENA - AOS OLHOS DE QUEM VÊ... 3 4.440 08/11/2012 - 23:40 Português
Prosas/Ficção Cientifica CONTACTO ALIENÍGENA - A GAIOLA 2 3.976 08/11/2012 - 23:20 Português
Ministério da Poesia/Geral VAMOS FAZER UM HAIKAI?!... 5 902 08/11/2012 - 23:16 Português
Poesia/Poetrix 7 jogos de palavras em 7 poetrix 8 1.018 07/16/2012 - 09:47 Português
Prosas/Mistério COM UM ÚNICO TIRO... (Microconto) 5 702 07/08/2012 - 01:04 Português
Poesia/Alegria Um poema breve, muito breve 15 920 07/05/2012 - 23:28 Português
Poesia/Meditação PEÇO PERDÃO 12 789 06/23/2012 - 17:36 Português
Poesia/Meditação Novo Poema ao Espelho|ohlepsE 4 858 06/22/2012 - 22:04 Português
Poesia/Geral Criatividade versus censura 8 897 06/10/2012 - 23:10 Português
Ministério da Poesia/Meditação As nascentes das ideias 5 867 05/28/2012 - 22:51 Português