CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Coração de mãe

Podia escrever um poema, mas tu já és o meu poema.
Foi poesia quando no âmago do meu ser, senti o momento do teu nascer. Tal como num poema, tu eras a flor ou o cato, o beijo ou o abraço. O sorriso e o cansaço. Os ciclos das estações do ano e as suas fases.
Tudo foi suportável e sei que o será no coração de mãe embora marcado para um sempre…Um espinho, um simples espinho. Um dia, durante dias, a névoa que te enevoava o olhar anunciou algo que de grave se estava a passar.
O diagnóstico foi terramoto. Os alicerces da minha casa, meu ser seguro, ruíram sem estrondo. Ninguém ouviu este abalo. E tu, um jovem em plena pujança, mudaste a tua vida. Uma vida adaptada à rotina assistida. O meu coração de mãe abriu-se ainda mais forte, vivificado, tal como a flor murcha que bebe as primeiras chuvas. Cada pétala acolhe estados diferenciados da dor, a tua, a minha, a do azar, a surpresa mas também a do encanto do teu sorrir malandro.
Tu, meu poema inacabado, és o cravo desencravado do acaso que te apanhou desprevenido. E prossegues, desafiando o destino no sucesso do teu caminho.
Coração de mãe ou de filho, signos no mesmo patamar do sentido.
Hoje em dia de homenagem à mãe, homenageio-te, meu filho!

Odete Ferreira
http://portate-mal.blogspot.pt/2012/05/coracao-de-mae.html#comment-form

Submited by

segunda-feira, maio 7, 2012 - 00:48

Prosas :

No votes yet

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 4 semanas
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1924

Comentários

imagem de KeilaPatricia

Belo poema Bjs na alma,

Belo poema

Bjs na alma, ...)...(@

:-)

imagem de Odete Ferreira

Amiga KeilaPatricia

Amiga, Keila Patrícia, grata pea atenção, sobretudo a este escrito que traduz uma realidade de dor.
Bjo :)

imagem de Teresa Almeida

Esta cor não é fácil para

Esta cor não é fácil para ler.

imagem de Odete Ferreira

Ok...

Ok, Teresa, tirei o azul, ficou agora com este aspeto...:)

imagem de Teresa Almeida

Já sabes que a tua prosa é do

Já sabes que a tua prosa é do meu agrado e, o teu poema inacabado, toca-me particularmente. Wonderful!
Fiquei, no entanto, um pouco apreensiva.
Bjuzz

imagem de Odete Ferreira

P/Teresa Almeida (Coração...)

Amiga Teresa: acredito que te toque (falaremos...)

No dia da mãe, este era o texto que devia escrever...

(No blogue os escritos têm sempre uma imagem.)

Bjuzzz no teu coração de mãe e poetisa

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 1.565 03/15/2018 - 13:59 Português
Poesia/Tristeza Música 1 1.398 03/15/2018 - 13:58 Português
Poesia/Desilusão Apenas mais um dia 1 2.015 03/15/2018 - 13:57 Português
Poesia/Meditação Se a vida fosse sempre assim 1 1.457 03/15/2018 - 13:56 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Seres incompletos 3 1.766 03/15/2018 - 13:56 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 1 864 03/08/2018 - 19:01 Português
Poesia/Meditação Tempo(s) 1 1.548 03/08/2018 - 18:43 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 1 1.343 03/08/2018 - 18:42 Português
Poesia/Tristeza Emocão 5 1.774 03/08/2018 - 16:48 Português
Poesia/Dedicado Mulher-Dor 3 982 03/08/2018 - 16:14 Português
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 3 1.609 02/27/2018 - 11:43 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 1.427 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 1.833 11/25/2015 - 02:18 Português
Prosas/Outros Da alma 0 890 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 0 1.308 09/01/2015 - 19:29 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 2.492 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 1.669 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 2.283 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 2.038 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 1.097 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 1.573 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 1.442 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 1.642 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 2.409 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 1.512 12/30/2014 - 14:27 Português