CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Em tela (me) pinto…

Dentro  de mim uma tela branca, imaculada, sem um rabisco ou cor pensada.

Não sei pintar mas farei uma obra prima que existirá no  instante da escrita.

Arrisco uma pincelada, acinzentada, parecendo um corpo envolto, acocorado, colhendo como afagos, algumas flores silvestres, que

despontam entre um mar arroxeado de lavanda. Sinto o seu odor, traço um rabisco incolor, volátil, inebriando a tela. Toma vida. Ondula como

a brisa suave e os parcos traços impressivos parecem já não quererem ali permanecer.

Têm razão, seria demasiado estático…

Rasgo um ribeirinho, sem grandes escolhos, aberto ao céu de matizes azulado.

Um menino, no seu barco de papel. Amarelado, impermebealizado, acomoda-se e aventura-se na viagem. Em sonho, sente-se embalado nas

vagas doces de um mar aportado a uma secreta enseada.

Seca-se na areia dourada. Ainda é dia. Vence-o o cansaço. Dorme o sonho da aventura. Mais adiante vislumbra o corpo agora inerte. O campo

de lavanda permanece.

Percebe! Deu  volta ao mundo no seu barquinho de papel. Saltita, sorridente. Pelo mexer dos lábios percebo que grita:

- Princesa, já colheste todas as flores? Preciso delas, o meu sonho ficou vazio!

Amanhã, outra tela surgirá. Talvez mais soturna, com montanhas acastanhadas, recheadas de misteriosas criaturas que dão vida a cada

pincelada do pintor…

Odete Ferreira  11-12-11

Submited by

quarta-feira, janeiro 18, 2012 - 21:24

Prosas :

Average: 5 (1 vote)

Odete Ferreira

imagem de Odete Ferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 3 semanas
Membro desde: 01/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 1924

Comentários

imagem de Henricabilio

tela

bela
tela;
quem dera
tê-la
e
ser ali
primavera.

Feliz Páscoa!

Abilio Henriques

imagem de Odete Ferreira

P/Henricabilio

Amigo, Henricabilio: só hoje vi este comentário...
Obg pelos votos e desejo que tudo tenha corrido bem contigo.
Quanto à tela, cada um pode pintar a sua, eis o segredo das palavras!
Grata, amigo
Bo :)

imagem de Odete Ferreira

P/ Abílio Henriques

Grata pela tua presença e apreciação...Já nem me lembrava deste escrito!

Postei um poema, como forma de desejar um doce quadra!

Bjo :)

imagem de Teresa Almeida

Na primeira pincelada vai o

Na primeira pincelada vai o fogo da paixão.

Depois, na tela, vai-se escrevendo o poema.

Parabéns Odete. Gostei muito.

Bjuzz

imagem de Odete Ferreira

P/Teresa Almeida (Em tela...)

Querida amiga Teresa: se tu o dizes, é porque o é!

Na verdade, é prosa poética, cabendo a imaginação de matizes variadas! Assim também é poema...

Obg, minha amiga smiley

imagem de SuzeteBrainer

Querida Amiga

A poetisa que pinta com as suas palavras em matizes cores o quadro da vida, com a sua sensibilidade interage com o mundo, que em sua tela mental fica em permanência-vida-poesia...

Belíssimo,adorei viajar nesse quadro vivo!!! 

Beijos,amigasmiley

imagem de Odete Ferreira

P/SuzeteBrainer (Em tela..)

Querida Suzete: inicialmente no meu blogue só quase escrevia prosa e, tendo tempo, experimento várias tipologias de texto...

Este foi mesmo uma incursão fantasiada e impressionista, como se estivesse a pintar...Enfim, escritos!

Obg por te teres sentido bem nesta viagem!

Bjo, amigasmiley

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odete Ferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Entardecer com sabor a despedida 1 1.562 03/15/2018 - 13:59 Português
Poesia/Tristeza Música 1 1.395 03/15/2018 - 13:58 Português
Poesia/Desilusão Apenas mais um dia 1 2.009 03/15/2018 - 13:57 Português
Poesia/Meditação Se a vida fosse sempre assim 1 1.454 03/15/2018 - 13:56 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Seres incompletos 3 1.758 03/15/2018 - 13:56 Português
Prosas/Outros No sopé da montanha 1 862 03/08/2018 - 19:01 Português
Poesia/Meditação Tempo(s) 1 1.545 03/08/2018 - 18:43 Português
Poesia/Fantasia Surrealidades 1 1.331 03/08/2018 - 18:42 Português
Poesia/Tristeza Emocão 5 1.772 03/08/2018 - 16:48 Português
Poesia/Dedicado Mulher-Dor 3 979 03/08/2018 - 16:14 Português
Poesia/Intervenção E a festa veste-se em cada madrugada 3 1.605 02/27/2018 - 11:43 Português
Poesia/Meditação À míngua 0 1.418 12/30/2015 - 22:36 Português
Poesia/Intervenção Não invoquem o meu nome em vão 0 1.830 11/25/2015 - 02:18 Português
Prosas/Outros Da alma 0 887 09/01/2015 - 19:58 Português
Poesia/Fantasia Surreal XXVIII 0 1.304 09/01/2015 - 19:29 Português
Poesia/Intervenção Da destemperança 0 2.484 08/26/2015 - 01:35 Português
Poesia/Meditação E no entre-Tanto faço caminho 0 1.667 07/02/2015 - 23:55 Português
Poesia/Meditação E continuamos pequeninos! 0 2.277 06/02/2015 - 20:15 Português
Poesia/Intervenção Nem te renego nem me nego 0 2.037 04/25/2015 - 02:08 Português
Poesia/Dedicado Laudatória 0 1.096 03/24/2015 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado És...Mulher 0 1.571 03/08/2015 - 18:53 Português
Poesia/Amor Vida(s) 0 1.440 02/14/2015 - 18:07 Português
Poesia/Amor Moras nos meus sonhos 0 1.635 02/13/2015 - 16:30 Português
Poesia/Dedicado Olhares 0 2.408 01/22/2015 - 01:58 Português
Prosas/Outros Do exato momento da VIragem 0 1.508 12/30/2014 - 14:27 Português