CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Acaso

Acaso ainda te encontre em algum cais.
Sempre tiveste vocação de porto
e ando sempre fugindo dos naufrágios.
Eu te reconhecerei pelo lamento
do bemol sustenido do teu canto
e o pranto de guitarra ao rés do peito.

Tu me conhecerás porque transporto
um barco que afundou no esquecimento,
minhas mãos são atadas com sargaços,
tenho na pele aromas marinheiros,
uma bússola louca na garganta
e nos olhos um dique a barlavento
onde hei de atracar sem utopias
quando o meu drama já não tenha enredo.
 

Submited by

quinta-feira, maio 5, 2011 - 22:30

Ministério da Poesia :

No votes yet

Tania Alegria

imagem de Tania Alegria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 39 semanas
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 156

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Tania Alegria

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Poetrix Está tudo bem 0 963 05/05/2011 - 23:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Encantador de pássaros 0 1.129 05/05/2011 - 22:54 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Ritos 0 847 05/05/2011 - 22:48 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sal da terra 0 742 05/05/2011 - 22:32 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Acaso 0 730 05/05/2011 - 22:30 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Fala comigo 0 910 05/05/2011 - 22:26 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Cicatriz 0 687 05/05/2011 - 22:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Este domingo 0 662 05/05/2011 - 22:18 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Quando estou triste me transformo em árvore 0 1.037 05/05/2011 - 22:15 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sombras 0 647 05/05/2011 - 22:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Monólogo do morto 0 917 05/05/2011 - 22:05 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Habito lápides 0 749 05/05/2011 - 21:47 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Eu te direi em versos 0 821 05/05/2011 - 21:43 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Mulher diante do espelho 0 1.049 05/05/2011 - 21:38 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Memorial da espera 0 595 05/05/2011 - 21:34 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Horizontes 0 581 05/05/2011 - 00:29 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assonâncias 0 1.084 05/05/2011 - 00:27 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Peito a dentro 0 647 05/05/2011 - 00:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Entrelaçando luzes 0 548 05/05/2011 - 00:20 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Enredando as horas 0 612 05/05/2011 - 00:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assédio 0 467 05/05/2011 - 00:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Margens 0 574 05/04/2011 - 23:59 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 503 05/04/2011 - 23:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 431 05/04/2011 - 23:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Seara amarga 0 605 05/04/2011 - 23:42 Português