CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Assédio

Um xamã avisou as minhas tribos
que esta luta vai ser larga e sangrenta.

Ergui muralhas
em torno do meu pátio.

Defende os meus umbrais
o exército de duendes
que carrego nas costas.

Tornei meu sangue espesso como o vinho
das montanhas do Douro.
Até as minhas mãos
uma da outra sempre fratricidas,
firmaram tréguas para erguer meus estandartes.

Há ventos de atalaia nos caminhos.

Apaguei lâmpadas
porque já sei de cor minhas esquinas.

E para que
nem sequer os teus olhos reconheças
parti o cristal de todos os espelhos.
 

Submited by

quinta-feira, maio 5, 2011 - 00:03

Ministério da Poesia :

No votes yet

Tania Alegria

imagem de Tania Alegria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 38 semanas
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 156

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Tania Alegria

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Poetrix Está tudo bem 0 962 05/05/2011 - 23:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Encantador de pássaros 0 1.127 05/05/2011 - 22:54 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Ritos 0 846 05/05/2011 - 22:48 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sal da terra 0 740 05/05/2011 - 22:32 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Acaso 0 728 05/05/2011 - 22:30 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Fala comigo 0 910 05/05/2011 - 22:26 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Cicatriz 0 687 05/05/2011 - 22:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Este domingo 0 662 05/05/2011 - 22:18 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Quando estou triste me transformo em árvore 0 1.036 05/05/2011 - 22:15 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sombras 0 647 05/05/2011 - 22:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Monólogo do morto 0 916 05/05/2011 - 22:05 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Habito lápides 0 747 05/05/2011 - 21:47 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Eu te direi em versos 0 821 05/05/2011 - 21:43 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Mulher diante do espelho 0 1.046 05/05/2011 - 21:38 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Memorial da espera 0 595 05/05/2011 - 21:34 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Horizontes 0 581 05/05/2011 - 00:29 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assonâncias 0 1.083 05/05/2011 - 00:27 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Peito a dentro 0 647 05/05/2011 - 00:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Entrelaçando luzes 0 548 05/05/2011 - 00:20 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Enredando as horas 0 612 05/05/2011 - 00:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assédio 0 465 05/05/2011 - 00:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Margens 0 574 05/04/2011 - 23:59 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 501 05/04/2011 - 23:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 429 05/04/2011 - 23:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Seara amarga 0 603 05/04/2011 - 23:42 Português