CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Eu te direi em versos

Eu te direi em versos porque consta que a prosa
exige todavias alheios aos outonos
das ramagens que o vento desfolhou.

Eu te direi em versos que já fomos deuses.

Portávamos olhares luminosos,
tínhamos mãos abertas como cálices
onde cabia o vinho de outros vasos,
nossas palavras cúmplices e alegres
recorriam às cegas os trajetos
buscando madressilvas redentoras
que resgatassem muros
da sua solidão desamparada.

Eu te direi em versos que já fomos Nós.

Mas um dia partiste em um ocaso
onde se inauguravam os pretéritos
e eu ordenei ao clã dos meus fantasmas
que mantivesse abertos os caminhos
para que entrasse pelas minhas pálpebras
esse pó assassino de distâncias
que se eleva do chão
se a tua voz galopa nos crepúsculos.
 

Submited by

quinta-feira, maio 5, 2011 - 20:43

Ministério da Poesia :

No votes yet

Tania Alegria

imagem de Tania Alegria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 20 semanas
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 156

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Tania Alegria

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Poetrix Está tudo bem 0 1.174 05/05/2011 - 22:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Encantador de pássaros 0 1.271 05/05/2011 - 21:54 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Ritos 0 952 05/05/2011 - 21:48 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sal da terra 0 854 05/05/2011 - 21:32 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Acaso 0 883 05/05/2011 - 21:30 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Fala comigo 0 1.047 05/05/2011 - 21:26 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Cicatriz 0 857 05/05/2011 - 21:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Este domingo 0 739 05/05/2011 - 21:18 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Quando estou triste me transformo em árvore 0 1.110 05/05/2011 - 21:15 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sombras 0 743 05/05/2011 - 21:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Monólogo do morto 0 1.010 05/05/2011 - 21:05 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Habito lápides 0 835 05/05/2011 - 20:47 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Eu te direi em versos 0 967 05/05/2011 - 20:43 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Mulher diante do espelho 0 1.153 05/05/2011 - 20:38 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Memorial da espera 0 688 05/05/2011 - 20:34 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Horizontes 0 652 05/04/2011 - 23:29 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assonâncias 0 1.213 05/04/2011 - 23:27 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Peito a dentro 0 731 05/04/2011 - 23:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Entrelaçando luzes 0 619 05/04/2011 - 23:20 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Enredando as horas 0 693 05/04/2011 - 23:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assédio 0 535 05/04/2011 - 23:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Margens 0 654 05/04/2011 - 22:59 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 589 05/04/2011 - 22:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 505 05/04/2011 - 22:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Seara amarga 0 693 05/04/2011 - 22:42 Português