CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Encantador de pássaros

Eu lhe chamava encantador de pássaros
porque na sua voz esvoaçavam pombas.
Havia ecos de ritual vudu
no dolorido jazz dos seus fonemas.

Chove sobre o sepulcro do encantador de pássaros.
As aves se acomodam nos seus ninhos
e alguns ciprestes verdes, quase negros,
movem-se como os dedos de um pianista
porque o vento, assobiando,
transita da sua lápide aos ciprestes
e retorna com som de reza e música.

Chove sobre o sepulcro e sobre o manicômio
onde os dementes rasgam seus vestidos,
quebram as unhas arranhando muros,
empapados de pranto e de impropérios
porque o vento, assobiando,
recorre o mausoléu da sua morte
e volta gotejando versos viúvos.

Fincada nos meus pés, diante desse sepulcro,
sob um céu de betume e aguaceiro
olho esta pedra que é tão só uma pedra
e cobre um homem que foi só um homem
enquanto o vento, assobiando,
recorre as minhas veias
e torna ao coração com um gemido.
 

Submited by

quinta-feira, maio 5, 2011 - 21:54

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Tania Alegria

imagem de Tania Alegria
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 21 semanas
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 156

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Tania Alegria

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Poetrix Está tudo bem 0 1.174 05/05/2011 - 22:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Encantador de pássaros 0 1.273 05/05/2011 - 21:54 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Ritos 0 954 05/05/2011 - 21:48 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sal da terra 0 855 05/05/2011 - 21:32 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Acaso 0 884 05/05/2011 - 21:30 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Fala comigo 0 1.047 05/05/2011 - 21:26 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Cicatriz 0 859 05/05/2011 - 21:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Este domingo 0 739 05/05/2011 - 21:18 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Quando estou triste me transformo em árvore 0 1.111 05/05/2011 - 21:15 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Sombras 0 743 05/05/2011 - 21:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Monólogo do morto 0 1.012 05/05/2011 - 21:05 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Habito lápides 0 835 05/05/2011 - 20:47 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Eu te direi em versos 0 970 05/05/2011 - 20:43 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Mulher diante do espelho 0 1.155 05/05/2011 - 20:38 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Memorial da espera 0 690 05/05/2011 - 20:34 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Horizontes 0 652 05/04/2011 - 23:29 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assonâncias 0 1.214 05/04/2011 - 23:27 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Peito a dentro 0 733 05/04/2011 - 23:23 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Entrelaçando luzes 0 620 05/04/2011 - 23:20 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Enredando as horas 0 694 05/04/2011 - 23:09 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Assédio 0 536 05/04/2011 - 23:03 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Margens 0 657 05/04/2011 - 22:59 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 592 05/04/2011 - 22:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Tréguas 0 507 05/04/2011 - 22:55 Português
Ministério da Poesia/Poetrix Seara amarga 0 694 05/04/2011 - 22:42 Português