CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Assimétricos

Tenho no sangue a geometria.
Variáveis tangentes de humor obtuso.
Perpendicular e recto quando enrijo
Cimento nos verbos chapados de vidro.
Depois quebro…
Espalho cacos de palavras num plano assimétrico.
Toco circunferências á volta da expressão,
á revolta do vértice que me aponta o dedo,
com palmas de mogno no esquife da percepção.
Ele é urras, é vivas, esféricas lágrimas de crocodilos excelentes.
Paralelos desviados por segmentos de duvida…
Que interpretam a letra dentro da alma.
Não alinho por aí…
Sou quadrado.
Gatafunho rendas de melodia nos textos.
A mim o que importa é sinfonia nas mãos,
que mestra infinitos até ser poema.
Sou um quase de todo mais ordinário.
Foda é amor porque também o é.
Cocó é merda em riscos disformes…
E pinto os bois muito direitinhos para chama-los pelo nome.
Com licença…
Quero pasmar um babo de olho incrédulo de não acredito…
Minúsculas letras, construídas urgências de saltar à vista.
Vêm de todos os equiláteros do fogo que ferve nos dedos sequiosos.
Temas tão díspares quanto Saturno.
Então negativos da vida em teia gramática clareiam vivencias.
Não há pincel translúcido que ultrapasse o vocábulo que se projecta e se diz.
Só talvez o palpar da terra e do cheiro,
seja tão argentino quanto a palavra.
Por isso mesmo qualquer cavador é poeta maior sem saber ler…
Do que muito idiota que vive a escrever.

Submited by

quarta-feira, maio 12, 2010 - 01:38

Poesia :

No votes yet

Lapis-Lazuli

imagem de Lapis-Lazuli
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 49 semanas
Membro desde: 01/12/2010
Conteúdos:
Pontos: 1178

Comentários

imagem de Susan

Re: Assimétricos

O que posso dizer do teu poema:
Perfeita disformidade uniforme !
Muito bom !!!
beijos
Susan

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Lapis-Lazuli

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/ - 3517 1 1.936 03/13/2018 - 21:32 Português
Poesia/Aforismo In Vapore Sano 4 1.360 03/13/2018 - 21:32 inglês
Poesia/Aforismo Era só isto que eu queria dizer 1 1.084 02/27/2018 - 10:22 inglês
Poesia/Aforismo salgo :33 Isaías sonha que aos fala aos camones 0 1.028 06/20/2014 - 15:41 inglês
Poesia/Geral Boca Do Inferno 0 4.647 07/04/2013 - 22:44 Português
Poesia/Pensamentos veludo 3 1.722 05/15/2013 - 17:34 Português
Poesia/Aforismo Segundo Reza a Morte 0 1.208 10/04/2011 - 17:19 Português
Poesia/Meditação Fumo 0 1.457 09/23/2011 - 12:00 Português
Poesia/Aforismo De olhos fechados 3 1.873 09/20/2011 - 22:11 Português
Poesia/Aforismo Tundra 0 1.588 09/20/2011 - 16:36 Português
Poesia/Meditação Vazio 3 1.688 09/16/2011 - 11:00 Português
Poesia/Aforismo Intento 0 1.094 09/05/2011 - 16:52 Português
Poesia/Aforismo Palma Porque sim...Minha Senhora da Solidão 0 1.324 08/29/2011 - 11:13 Português
Poesia/Aforismo Editorial 0 1.430 08/29/2011 - 11:08 Português
Poesia/Pensamentos Ermo Corpo Desabitado 0 1.602 08/29/2011 - 11:04 Português
Poesia/Aforismo Dos passos que fazem eco 1 1.214 06/21/2011 - 22:06 Português
Poesia/Meditação Autoretrato sem dó menor 3 2.250 03/28/2011 - 23:34 Português
Poesia/Aforismo Todo o mundo que tenho 2 1.541 03/09/2011 - 08:23 Português
Fotos/ - 3516 0 2.695 11/24/2010 - 00:55 Português
Fotos/ - 3518 0 2.613 11/24/2010 - 00:55 Português
Fotos/ - 2672 0 3.765 11/24/2010 - 00:51 Português
Prosas/Outros A ultima vez no mundo 0 1.231 11/18/2010 - 23:56 Português
Prosas/Outros Os filhos de Emilia Batalha 0 1.549 11/18/2010 - 23:56 Português
Poesia/Desilusão Veredictos 0 1.202 11/18/2010 - 16:41 Português
Poesia/Intervenção Nada mais fácil que isto 0 1.633 11/18/2010 - 16:41 Português