CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A Causa Nobre de Vida

Balanço no fino braço de Morfeu

A quietude e o embaraço, dado

Que a gloriosa ninfa me prometeu

Num sussurro imenso, fecundado.

 

A causa nobre de vida

Débilmente parida!

 

Rasgo no âmago de querer entender

Covardemente neste meu viver

Pudera a anciã de outros sonhos

Ou os Gnomos da mentira o manter.

 

A causa nobre de vida

Assim tão perdida!

 

Florestas mágicas e mil batalhas

Estórias e outras mil tralhas

em cabeça que não roda

Em viver que não é moda!

 

A causa nobre de vida,

Em morte contida!

 

Resta-me este ultimo sopro

em lábios de vermelho tinto

A dor eu já não a sinto

solidão de meu corpo.

 

A causa nobre de vida,

Em espasmos prometida!

 

Bordeis de pura loucura

neste meu leito de tortura

Na alma a eterna secura

que no Além perdura

 

Sou este que vos falo,

Este párida que vos canta

Na partida do ónus de vida

Tremendo erro de medida

 

A causa nobre da vida,

Em falsa vida consentida!

 

No fechar dos olhos doridos,

A ninfa nua e descalça dança

O ritual da vida que se foi,

O fim dos dias coloridos

 

R  itual final de uma dor

E   spasmo efervescente de um beijo

S   atirizado pelo Mundo Encantador

T   iranizado pela Vil Loucura!

 

I  mensamente Mágico

N ostálgicamente profetizado

 

P edaços de carência

E  nvolvência de insolvência

A  lma assim condenada

C  oncordata em dó menor

E  Serenamente o suspiro se foi

 

Submited by

quinta-feira, fevereiro 24, 2011 - 11:59

Poesia :

No votes yet

Mefistus

imagem de Mefistus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 14 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 3083

Comentários

imagem de Nanda

Mefistus

Rogério,

É muito beom ler-te.

BJ

Nanda

imagem de Mefistus

Obrigado!

Amiga Nanda, o meu obrigado pelas suas "visitas" frequentes!

imagem de MarneDulinski

A Causa Nobre de Vida

Lindo, magnífico, como sempre são suas Obras!

Já estava com saudade de o ler, meus parabéns,

Seu sempre aluno e admirador,

MarneDulinski

imagem de Mefistus

Marme

è um prazer imenso saber que estima o que escrevo.

 

O meu grande Obrigado!

imagem de danyfilipa

A causa nobre da vida...

A causa nobre da vida...é te ler!!!!

Esses versos,

essas rimas  "musicais" que embalam ao te ler...

Esse filme k nos fazes ver, conforme se ler...

E depois,

depois...o pensar...porra isto é poesia...

e o final..assim, diferente...

ohh

'me encanta'

wink

imagem de Mefistus

danyfilipa

Escrever para olhos atentos como os seus, é sempre um imenso prazer.

 

 

Obrigado!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Mefistus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Saber A Mar! 4 1.066 02/19/2019 - 16:26 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta -Parte 1 - Capítulo 3 0 1.139 02/07/2015 - 11:18 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta -Parte 1 - Capítulo 2 0 1.060 02/07/2015 - 11:11 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta - Parte 1 - Capítulo 1 - 0 886 02/07/2015 - 11:07 Português
Prosas/Contos Desculpa se sou Puta! - Introdução 0 910 02/07/2015 - 11:03 Português
Prosas/Contos Desculpa se sou Puta! - Introdução 0 1.049 02/07/2015 - 11:00 Português
Poesia/Amor Saber A Mar! 0 0 07/09/2012 - 15:31 Português
Poesia/Amor Saber A Mar! 0 1.606 07/09/2012 - 15:30 Português
Poesia/Aforismo Cativa Saliva na boca triste 0 3.365 06/04/2012 - 13:52 Português
Poesia/Meditação Haveria Sempre Poesia, Nas horas loucas de maresia 2 1.711 04/21/2012 - 05:56 Português
Poesia/Desilusão Melancolia 0 1.368 11/04/2011 - 12:11 Português
Poesia/Pensamentos Para onde vou ó dor! 0 993 11/04/2011 - 11:42 Português
Poesia/Meditação Trova a dois Terços! 0 1.368 11/04/2011 - 11:34 Português
Poesia/Intervenção Ó Chefe dá-me um emprego! 1 1.569 10/25/2011 - 10:30 Português
Poesia/Dedicado Em amêndoas Tragado 3 1.679 10/24/2011 - 10:15 Português
Poesia/Intervenção Uma breve nostalgia! 0 1.486 10/24/2011 - 10:06 Português
Poesia/Meditação No pio da Perdiz 0 1.645 10/24/2011 - 09:58 Português
Poesia/Fantasia Baila Marisa Baila! 3 2.248 09/01/2011 - 11:17 Português
Prosas/Terror Diablo- Capitulo 4 (parte 4/4) 0 1.692 04/09/2011 - 01:02 Português
Prosas/Terror Diablo - Capitulo 4 ( parte 3/4) 0 1.794 04/09/2011 - 00:59 Português
Prosas/Terror Diablo - Capitulo 4 ( parte 2/4) 0 1.368 04/09/2011 - 00:56 Português
Prosas/Terror Diablo Capitulo 4 (Parte 1/4). 0 2.454 04/09/2011 - 00:49 Português
Prosas/Terror Diablo Capitulo 3 (Parte 3/3) 0 1.566 04/09/2011 - 00:46 Português
Poesia/Meditação Dançarina de saia Púpura 2 2.056 04/07/2011 - 23:35 Português
Poesia/Meditação Como um corpo suspenso em cordas de linho 1 1.766 02/27/2011 - 20:51 Português