CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

De mim não falo mais

De mim não falo mais


De mim não falo mais,
Só arranquei um desejo da poça,
Se bem que nem o conheça,
Mas não falarei dos demais,

Que o diabo os carregue, (aos outros leais seis ou sete),
Disseram-me estes: “Anda, anda ver o lindo pôr-do-sol no cais”,
Mas até o sol me segue a escorrer de sangue,
Se ainda tento fugas desleais.

De mim não falo mais,
Mas Terei horror do luar disfarçado de lobo,
Na copa dos velhos, velhos olivais,
Quando o meu ensejo for negado

E esta despida carne comida por animais,
(Agora no claro da noite ainda rezo em segredo)
E se o desejo meu tremer de medo.
Ainda mais odeio a convicção da cereja na ramada,

Quando esta fica encarnada e enchida
E com cachaço de tocador de trompeta
E a ventania por nada fica parada,
Nem aquela aragem de quem se sente longe e volta.

Por mim não falo mais,
que falem os espíritos ,das crenças da noite,
(Tidas como horríveis)
E nem espero que o desejo de que falo, se nem me conhece, volte.


Joel Matos (2-11-2010)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, dezembro 16, 2010 - 21:02

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 dias 2 horas
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40615

Comentários

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

imagem de Joel

.

.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Qual viagem… 390 925 05/11/2019 - 15:37 Português
Poesia/Geral Morto vivo eu já sou … 496 1.898 05/09/2019 - 10:06 Português
Poesia/Geral Tesoureiros da luz, 677 8.610 05/09/2019 - 09:59 Português
Ministério da Poesia/Geral Na extrema qu’esta minh’alma possui. 156 435 04/24/2019 - 19:03 Português
Ministério da Poesia/Geral Como rei deposto numa nação de rosas ... 266 1.140 04/23/2019 - 08:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Por amor ao meu país… 230 964 04/23/2019 - 08:05 Português
Ministério da Poesia/Geral Posso soltar as asas… 330 817 04/14/2019 - 18:58 Português
Ministério da Poesia/Geral Frágil 353 1.192 04/14/2019 - 18:53 Português
Ministério da Poesia/Geral O Cavaleiro da Dinamarca. 780 695 04/14/2019 - 18:52 Português
Poesia/Geral (Vive la France) 465 2.198 04/14/2019 - 18:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Calmo 332 882 04/14/2019 - 18:46 Português
Poesia/Geral A ilusão do Salmão ... 544 783 04/14/2019 - 18:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Sofro por não ter falta , 612 1.118 04/13/2019 - 10:39 Português
Ministério da Poesia/Geral Ridículo q.b. 509 1.103 04/12/2019 - 15:22 Português
Ministério da Poesia/Geral À dimensão do horto … 347 561 04/11/2019 - 08:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Trago em mim dentro 771 1.689 04/10/2019 - 09:53 Português
Poesia/Geral Último Poema 435 1.866 04/10/2019 - 09:50 Português
Ministério da Poesia/Geral Colossal o Oceano, 434 1.275 04/10/2019 - 09:49 Português
Ministério da Poesia/Geral O Gebo e o Sonho. 404 1.390 04/10/2019 - 09:48 Português
Ministério da Poesia/Geral Convenço, convencei, convençai… 491 990 04/09/2019 - 11:00 Português
Poesia/Geral Certidão de procedência 406 851 04/09/2019 - 10:58 Português
Poesia/Geral - Papoila é nome de guerra - 359 28.736 04/09/2019 - 10:56 Português
Poesia/Geral Como terra me quero, descalço e baixo ... 480 728 04/09/2019 - 10:52 Português
Poesia/Geral O erro de Descartes 479 847 04/09/2019 - 10:49 Português
Ministério da Poesia/Geral V de Vitória - Revolução - 537 1.387 04/03/2019 - 15:43 Português