CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Maitê, te odeio

Maitê , eu te odeio
com esse ar de criança
Proença, eu creio
Estupidez tambem cansa!

Maitê, eu te odeio
Não cuide que faço disso receio
Trais-te o Povo Português
e teu talento Brasileiro

Maitê, eu te odeio
fazes de " Saia Justa" recreio
Aula de "costura"
Má-Lingua pura

Maitê, eu te odeio
Òdio puro e verdadeiro
eu, que amo Povo Brasileiro
fazes da cultura, chiqueiro

Lanças-te livro em terras Lusas
Aqui, de nós falas-te ternuras
E de volta ao Brasil
Soltas-te essa lingua Vil

Tontinha, saberás quem foi Salazar
Um dia, alguem te explicará
Para essa tua estupidez calar
O povo Luso, não te esquecerá

TONTA!!

Submited by

quarta-feira, outubro 14, 2009 - 18:43

Poesia :

No votes yet

Mefistus

imagem de Mefistus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 14 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 3083

Comentários

imagem de Daisy_Lee82

Re: Maitê, te odeio

Ahhh Maitê... também te odeio... ignorância tem limite... falta de noção também...

¬¬

imagem de LilaMarques

Re: Maitê, te odeio

Mefistus,

Tinha Maitê em outro lugar! Que decepção!
Alguém que se diz escritor pode, em algum lugar do mundo, fazer chacota com Camões e Fernando Pessoa???? Que quadro sem propósito, sem sentido e, se graça era o que queria fazer, saiba ela que, TOTALMENTE SEM GRAÇA!Que infelicidade dela...
Não compactuo com nada! Pelo contrário. Parabéns por tuas palavras, como bem disse Anadeornelas, muito bem escritas!

Beijo.

imagem de analyra

Re: Maitê, te odeio

Maitê não sei porque tamanha besteira e exposição, falo isso com constrito coração, como pode Deus ter dado asas a cobra, terem rido e apludido tão vil obra, tão obtusa, intrusa e desrespeitosa aparição,
Maitê pergunto-te agora, que te fez de mal este povo amigo e irmão? Que sempre te remunerou e estendeu-te a mão nas horas de aflição? (Maitê além de burra, sofres de ingratidão!!!!) Porque não cala-te, pede desculpa, e muda de profissão?

Peço desculpas envergonhada pelo Brasil que garanto que inteiro não aplaudiu vil ação, apenas riu da estupidez e burrice da atriz sem noção, achando que agradava a multidão.
A mim doeu, não sou nem portuguesa, cuspir sem respeito em lugar de tanta beleza!
( estou morrendo de vergonha...) :-(

imagem de MarneDulinski

Re: Maitê, te odeio

Mefistus!

Maitê, te odeio

Tontinha, saberás quem foi Salazar
Um dia, alguem te explicará
Para essa tua estupidez calar
O povo Luso, não te esquecerá
CONFESSO QUE NÃO ACOMPANHEI ESTE CASO, POR ISSO NÃO POSSO COMENTAR, MAS VI QUALQUER COISA DE MAITÊ PROENÇA, ESTAR PEDINDO DESCULPAS E SE RETRATANDO,VOU PROCURAR SABER MAIS!
MarneDulinski

imagem de anadeornelas

Re: Maitê, te odeio

Rogério, poeta do norte!!!

Faço minhas as suas palavras, a sua escrita o seu poema!!!!

Doeu, quando vi o que vi e nem quis crer!!! Risota, chacota, imbecilidade, burrice, estupidez, cretinice...e mais que não me vem á memória de tal ordem fiquei danada!!!

Perdoem, quem nos lê do outro lado do mundo, esta agressividade, mas vejam o que se viu no canal de TV e depois permito que nos critiquem se assim o acharem...ninguém merece a chacota que foi feita, seja que povo for...Um indíviduo, não é por si só espelho de um povo, sem dúvidaa, mas Maitê, Proença não sei de quê, é vergonha de qualquer povo!!!!

OBRIGADA ROGÉRIO POR ESCREVER O QUE ESCREVEU!!!para além disso, poeta do norte, está muito bem escrito...(como é seu costume!!! ;-) )

Um beijo do tamanho do tejo!!!

imagem de FlaviaAssaife

Re: Maitê, te odeio

Mefistus,

Nossa! Como você ficou bravo com ela...
Não vejo o programa e portanto não possa avaliar...
Mas se é assim como descreves...cada um que colha o que plantar...

Abraço amigo!

imagem de Mefistus

Re: Maitê, te odeio

Flavia,
A unica coisa que realmente doeu, foi ver a dita cuspindo, num monumento nacional
E isso seja aqui ou na China, não pode ser piada!

imagem de FlaviaAssaife

Re: Maitê, te odeio

Mefistus,

Se foi assim, dou-te total e irrestrita razão em tua indignação!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Mefistus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Saber A Mar! 4 1.075 02/19/2019 - 16:26 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta -Parte 1 - Capítulo 3 0 1.141 02/07/2015 - 11:18 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta -Parte 1 - Capítulo 2 0 1.061 02/07/2015 - 11:11 Português
Prosas/Contos Desculpa Se Sou Puta - Parte 1 - Capítulo 1 - 0 887 02/07/2015 - 11:07 Português
Prosas/Contos Desculpa se sou Puta! - Introdução 0 913 02/07/2015 - 11:03 Português
Prosas/Contos Desculpa se sou Puta! - Introdução 0 1.051 02/07/2015 - 11:00 Português
Poesia/Amor Saber A Mar! 0 0 07/09/2012 - 15:31 Português
Poesia/Amor Saber A Mar! 0 1.618 07/09/2012 - 15:30 Português
Poesia/Aforismo Cativa Saliva na boca triste 0 3.368 06/04/2012 - 13:52 Português
Poesia/Meditação Haveria Sempre Poesia, Nas horas loucas de maresia 2 1.711 04/21/2012 - 05:56 Português
Poesia/Desilusão Melancolia 0 1.369 11/04/2011 - 12:11 Português
Poesia/Pensamentos Para onde vou ó dor! 0 997 11/04/2011 - 11:42 Português
Poesia/Meditação Trova a dois Terços! 0 1.374 11/04/2011 - 11:34 Português
Poesia/Intervenção Ó Chefe dá-me um emprego! 1 1.571 10/25/2011 - 10:30 Português
Poesia/Dedicado Em amêndoas Tragado 3 1.680 10/24/2011 - 10:15 Português
Poesia/Intervenção Uma breve nostalgia! 0 1.493 10/24/2011 - 10:06 Português
Poesia/Meditação No pio da Perdiz 0 1.649 10/24/2011 - 09:58 Português
Poesia/Fantasia Baila Marisa Baila! 3 2.250 09/01/2011 - 11:17 Português
Prosas/Terror Diablo- Capitulo 4 (parte 4/4) 0 1.692 04/09/2011 - 01:02 Português
Prosas/Terror Diablo - Capitulo 4 ( parte 3/4) 0 1.795 04/09/2011 - 00:59 Português
Prosas/Terror Diablo - Capitulo 4 ( parte 2/4) 0 1.370 04/09/2011 - 00:56 Português
Prosas/Terror Diablo Capitulo 4 (Parte 1/4). 0 2.459 04/09/2011 - 00:49 Português
Prosas/Terror Diablo Capitulo 3 (Parte 3/3) 0 1.572 04/09/2011 - 00:46 Português
Poesia/Meditação Dançarina de saia Púpura 2 2.059 04/07/2011 - 23:35 Português
Poesia/Meditação Como um corpo suspenso em cordas de linho 1 1.769 02/27/2011 - 20:51 Português