Sendo eu outro

Num poema vão as passadas
Comigo e o retrato meu que
Toda a gente conhece mas
Não (como um confessionário

Onde o frade ouve e não sente)
O poema enfrenta o tempo,
A natureza e quem o lê…
Por vezes estremeço ao ler

Um poema meu e sinto
A ansiedade do momento
Em que pari e a dor do facto,
Como ninguém mais, mas

Dessa maneira sinto o meu
Pensar passado um tempo,
Como se fosse o auto-retrato,
Doutro que conheci faz tempo

Como sendo, eu outro …

Jorge Santos (01/2016)
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

Friday, February 23, 2018 - 12:03

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

Joel

Joel's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 week 5 days ago
Joined: 12/20/2009
Posts:
Points: 40650

Comments

Joel's picture

.

.

Joel's picture

Dessa maneira sinto o

Dessa maneira sinto o meu
Pensar passado um tempo,
Como se fosse o auto-retrato,
Doutro que conheci faz tempo

Joel's picture

Dessa maneira sinto o

Dessa maneira sinto o meu
Pensar passado um tempo,
Como se fosse o auto-retrato,
Doutro que conheci faz tempo

Joel's picture

Dessa maneira sinto o

Dessa maneira sinto o meu
Pensar passado um tempo,
Como se fosse o auto-retrato,
Doutro que conheci faz tempo

Joel's picture

Dessa maneira sinto o

Dessa maneira sinto o meu
Pensar passado um tempo,
Como se fosse o auto-retrato,
Doutro que conheci faz tempo

Joel's picture

Por vezes estremeço ao ler Um

Por vezes estremeço ao ler

Um poema meu e sinto
A ansiedade do momento
Em que pari e a dor do facto,

Joel's picture

Dessa maneira sinto o

Dessa maneira sinto o meu
Pensar passado um tempo,
Como se fosse o auto-retrato,
Doutro que conheci faz tempo

Joel's picture

Dessa maneira sinto o

Dessa maneira sinto o meu
Pensar passado um tempo,
Como se fosse o auto-retrato,
Doutro que conheci faz tempo

Joel's picture

Por vezes estremeço ao ler Um

Por vezes estremeço ao ler

Um poema meu e sinto
A ansiedade do momento
Em que pari e a dor do facto,

Joel's picture

Por vezes estremeço ao ler Um

Por vezes estremeço ao ler

Um poema meu e sinto
A ansiedade do momento
Em que pari e a dor do facto,

Add comment

Login to post comments

other contents of Joel

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/General A Morte não é Bem-Vinda ... 1 120 03/22/2020 - 16:33 Portuguese
Ministério da Poesia/General O avesso do espelho... 5 58 03/01/2020 - 21:02 Portuguese
Poesia/General O Amor é uma nação em risco, 0 73 03/01/2020 - 20:45 Portuguese
Poesia/General A síndrome de Savanah 0 63 03/01/2020 - 20:26 Portuguese
Ministério da Poesia/General O Estado da Dúvida 2 97 01/24/2020 - 21:05 Portuguese
Ministério da Poesia/General Patchwork... 0 151 01/08/2020 - 14:05 Portuguese
Ministério da Poesia/General Vivo do oficio das paixões 0 100 01/08/2020 - 13:55 Portuguese
Ministério da Poesia/General Como morre um Rei de palha... 0 84 01/08/2020 - 13:50 Portuguese
Ministério da Poesia/General "Sic est vulgus" 0 125 01/08/2020 - 12:47 Portuguese
Ministério da Poesia/General Quantos Césares fui eu !!! 0 82 01/08/2020 - 12:40 Portuguese
Ministério da Poesia/General Nada se parece comigo 0 107 01/08/2020 - 12:34 Portuguese
Ministério da Poesia/General Pedra, tesoura ou papel..."Do que era certo" 0 94 01/08/2020 - 12:27 Portuguese
Ministério da Poesia/General Sou "O-Feito-Do-Primeiro-Vidente" 0 73 01/08/2020 - 12:11 Portuguese
Ministério da Poesia/General Morri lívido e nu ... 0 114 01/08/2020 - 12:03 Portuguese
Ministério da Poesia/General Ladram cães à distância, Mato o "Por-Matar" ... 0 117 01/08/2020 - 11:45 Portuguese
Ministério da Poesia/General Excerto “do que era certo” 0 125 01/08/2020 - 11:38 Portuguese
Ministério da Poesia/General Rua dos Douradores 30 ... 0 144 01/08/2020 - 11:32 Portuguese
Ministério da Poesia/General A Rua ao meu lado ou O Valor do riso... 0 73 01/08/2020 - 11:24 Portuguese
Ministério da Poesia/General Absurdo e Sem-Fim… 0 107 01/08/2020 - 11:17 Portuguese
Ministério da Poesia/General Sonho sem fim, nem fundo ... 0 103 01/08/2020 - 11:01 Portuguese
Poesia/General Da significação aos sonhos ... 0 117 01/08/2020 - 10:54 Portuguese
Poesia/General Deus Ex-Machina, “Anima Vili” ... 0 86 01/08/2020 - 10:44 Portuguese
Poesia/General Feliz como poucos … 0 108 01/08/2020 - 10:32 Portuguese
Ministério da Poesia/General As estrelas, os Estrôncios e os Sonhos. 39 896 11/28/2019 - 12:37 Portuguese
Ministério da Poesia/General Dreaming Of A Better World 122 421 11/10/2019 - 19:37 Portuguese