CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Encerrai a cavalgada!

Quixote! Encerrai a cavalgada!!
Invejai-me, pois aqui jaz Dulcinéia...
Serena em meus lençóis!

Platão! Libertai da caverna os homens dormidos
Apaga a lanterna, trago-te a luz!
Reina a meu lado a beleza!
Paz de Zeitgeist nos alvéolos

Zaratustra, interrompe tua jornada!
Já que o que chamas de super
Nutre-se da terra que lavro

Monjas em orações calem os soluços
Sequem as esponjas
Budas! Silenciem os guizos obtusos
Hei encontrado o fogo das buscas!

Deitada em meu peito e aquietada
A musa que amamento com a bazuca
De meu leite se alimenta...

Na soma da paz que há no mundo, multiplico-me!

Wall street lhe imploro: encerre o pregão por hoje!
A riqueza concentrada em meu jardim

Wikileaks não tem lastro escrito
Que denuncie meus instintos

Já oe revelo... brincar de contar segredos

A velha rede virtual se balança,
Observa-lhe a sólida estrutura da ponte da dinastia Ming
De bambu ainda, ou madeira

Inúteis tentativas de Hackers
Sugiro que descansem essa noite

Jamais crianças! Não vendam as ações majoritárias
das vantagens de viver no paraíso
Respiro profundo nessa noite fria
Estico meus braços... sinto-te ao lado
Ao alcance do toque eterno
Completa
Inteira

O rosto que desmorona

Que importa Deus?
 

Submited by

quinta-feira, março 31, 2011 - 20:27

Poesia :

No votes yet

marcelocampello

imagem de marcelocampello
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 20 semanas
Membro desde: 03/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 310

Comentários

imagem de Dionísio Dinis

Em toada épica e gloriosa se

Em toada épica e gloriosa se faz um grande momento de poesia.Muito bom!

imagem de MarneDulinski

Encerrai a cavalgada!

Lindo texto, gostei!

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of marcelocampello

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação A história da cabeça que fugiu dos pés! 4 466 06/10/2012 - 22:03 Português
Poesia/Meditação The story of a head that ran from its feet 0 899 06/10/2012 - 12:07 inglês
Poesia/Geral Dr. Jekyll: Pb > Au 0 657 12/12/2011 - 11:26 Português
Poesia/Geral Cavaleiro de Copas 0 566 12/09/2011 - 19:40 Português
Poesia/Intervenção BELO MONTE 0 635 12/09/2011 - 19:03 Português
Poesia/Geral Gilliat e Deruchete 1 996 12/01/2011 - 18:42 Português
Poesia/Geral Pessoas são como países (reeditado) 0 802 10/25/2011 - 14:47 Português
Poesia/Geral PESSOAS SAO COMO PAISES 0 670 10/25/2011 - 14:41 Português
Poesia/Geral ENTROPIA MONETÁRIA 0 919 10/07/2011 - 15:50 Português
Poesia/Geral MORO NESSA CASA VAZIA 0 969 10/07/2011 - 15:46 Português
Poesia/Fantasia Amores e Mamutes 4 873 04/30/2011 - 16:59 Português
Poesia/Amizade Jocasta, Amelie Poulain e Lili Carabina 2 1.222 04/28/2011 - 20:40 Português
Poesia/Geral A MENINA NA CAVERNA 0 1.057 04/27/2011 - 15:16 Português
Poesia/Geral O Eco, a Sombra e as Estrelas 1 1.227 04/27/2011 - 03:48 Português
Poesia/Geral FANTASIA MIGRANTE 3 944 04/19/2011 - 19:00 Português
Poesia/Geral Canção em Espiral 1 749 04/16/2011 - 04:08 Português
Poesia/Geral Tropa serena 0 1.197 04/16/2011 - 01:52 Português
Poesia/Geral Desculpai-me insetos! 2 1.353 04/13/2011 - 22:52 Português
Poesia/Geral Algum abandono previsível! 3 1.024 04/12/2011 - 14:02 Português
Poesia/Geral Mom made a doll 0 915 04/09/2011 - 23:18 inglês
Poesia/Geral Jocasta, Amelie Poulain e Lili Carabina 0 1.009 04/09/2011 - 16:18 inglês
Poesia/Geral The poem's not love 0 959 04/09/2011 - 16:17 inglês
Poesia/Geral Adrift 0 1.202 04/09/2011 - 16:16 inglês
Poesia/Geral Encerrai a cavalgada! 2 862 04/09/2011 - 11:51 Português
Poesia/Geral Passou o tempo querida! 6 995 04/05/2011 - 12:33 Português