CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Maio

Maio…
Chove aqui como na rua.
Quero fazer uma pergunta se me souberem o sol…
Se o viram estrangeiro a disfarçar-se de mim, nebuloso e sombrio.
Se o ofendi por provar do aroma em cantos de Outono, que lhe digam de mim, da falta que lhe sinto…
Como da terra molhada que não lhe vale o ciúme de me ser invisível.
A noite desfaz-se em névoa, em bruma a madrugada…
Desfecho o embrião da primavera na manhã cinza e orvalhada.
Dormente lira impulsionante, colcheia das andorinhas.
Que me brilhe o meu, que lhe quero, não me deixe chuvoso num Inverno d’além mágoa.
Se o viram estrangeiro a disfarçar-se de mim, nebuloso e sombrio…
Que lhe digam…
Do seu raio em falta nascente que abraça os poentes de Agosto.
Do feixe fino que oxida os pinhos do Oregon.
Do sanguíneo escaldar que faz o ébano africano…
Trigais de ventos sírios enlutados do seu ouro.
Maio…
Chove aqui como na rua.
Os nossos amargos d’andares filosóficos têm bichos de burla nos casulos da boca.
Amar recados da chuva e guarda-la na alma cabisbaixa, eterna a sombra no corpo…
Entristece o sol que pára o relógio em rescisão dos dias.
Existe-lhe um negar em cantos de Outono dos homens sem fé…
Galos furtivos sem despertar cobertos de escuro.
Que me digam a verdade…
O sol morreu pela hipocrisia dos homens?
A verdade…
Não apenas o acrítico senso em que se resigna o adeus.
Sou limpo… como as crianças do Maio á espera do sol.
Puras razões que hasteiam no pólen risos cereja.
Razões do para sempre em praias e muros, arvores e escolas, rios e montados, campos de sonho…o sol.
Maio…
Chove aqui como na rua.
Quero fazer uma pergunta se me souberem o sol…
Se o viram estrangeiro a disfarçar-se de mim, nebuloso e sombrio.
Se o ofendi por provar do aroma em cantos de Outono…
Que lhe digam de mim!
Da falta que lhe sinto.
Como da terra molhada…
Que não lhe vale o ciúme de me ser invisível…
Maio…chora.

Maio...14/2010

Submited by

sábado, maio 15, 2010 - 02:23

Poesia :

No votes yet

Lapis-Lazuli

imagem de Lapis-Lazuli
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 50 semanas
Membro desde: 01/12/2010
Conteúdos:
Pontos: 1178

Comentários

imagem de Susan

Re: Maio

Lápis que Lindos versos de Maio , Agosto , Outono , O Sol , A Chuva...
Seus versos estão otimamente difíceis de escolher uma só parte a citar...
Como sempre é Muito Bom te ler !!!
Beijos
Susan

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Lapis-Lazuli

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/ - 3517 1 1.945 03/13/2018 - 21:32 Português
Poesia/Aforismo In Vapore Sano 4 1.375 03/13/2018 - 21:32 inglês
Poesia/Aforismo Era só isto que eu queria dizer 1 1.116 02/27/2018 - 10:22 inglês
Poesia/Aforismo salgo :33 Isaías sonha que aos fala aos camones 0 1.039 06/20/2014 - 15:41 inglês
Poesia/Geral Boca Do Inferno 0 4.651 07/04/2013 - 22:44 Português
Poesia/Pensamentos veludo 3 1.727 05/15/2013 - 17:34 Português
Poesia/Aforismo Segundo Reza a Morte 0 1.213 10/04/2011 - 17:19 Português
Poesia/Meditação Fumo 0 1.460 09/23/2011 - 12:00 Português
Poesia/Aforismo De olhos fechados 3 1.876 09/20/2011 - 22:11 Português
Poesia/Aforismo Tundra 0 1.592 09/20/2011 - 16:36 Português
Poesia/Meditação Vazio 3 1.691 09/16/2011 - 11:00 Português
Poesia/Aforismo Intento 0 1.098 09/05/2011 - 16:52 Português
Poesia/Aforismo Palma Porque sim...Minha Senhora da Solidão 0 1.331 08/29/2011 - 11:13 Português
Poesia/Aforismo Editorial 0 1.435 08/29/2011 - 11:08 Português
Poesia/Pensamentos Ermo Corpo Desabitado 0 1.613 08/29/2011 - 11:04 Português
Poesia/Aforismo Dos passos que fazem eco 1 1.220 06/21/2011 - 22:06 Português
Poesia/Meditação Autoretrato sem dó menor 3 2.270 03/28/2011 - 23:34 Português
Poesia/Aforismo Todo o mundo que tenho 2 1.546 03/09/2011 - 08:23 Português
Fotos/ - 3516 0 2.704 11/24/2010 - 00:55 Português
Fotos/ - 3518 0 2.624 11/24/2010 - 00:55 Português
Fotos/ - 2672 0 3.788 11/24/2010 - 00:51 Português
Prosas/Outros A ultima vez no mundo 0 1.235 11/18/2010 - 23:56 Português
Prosas/Outros Os filhos de Emilia Batalha 0 1.555 11/18/2010 - 23:56 Português
Poesia/Desilusão Veredictos 0 1.219 11/18/2010 - 16:41 Português
Poesia/Intervenção Nada mais fácil que isto 0 1.637 11/18/2010 - 16:41 Português