CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A dança

Todas as noites me questiono das coisas em que falhei. Por estar certo ou errado? eu nunca saberei!
Quando retorno desse questionário encontro-te no meu imaginário,e, numa dor de morte, que me esmaga o coração, num suspiro de sorte e de gratidão, num fechar de olhos peço perdão.

Que sorte amor que me acompanhas, em toda esta aprendizagem. Troco os trilhos pela corda-bamba, num acto de coragem e a matemática pelo samba.

Vive a vida amor, mas vamos de mão dadas, cruzar sem temor todas as batalhas, entrar com ardor na cama das tréguas, sem esquadros nem réguas, contornar as palavras, para que se entenda,de que mais que uma emenda derrotamos o fim!

(escrevi para uma pessoa, que admiro muito e que agradeço todos os dias ter conhecido)

Submited by

quarta-feira, junho 4, 2014 - 01:15

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

paullopex

imagem de paullopex
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 33 semanas 51 minutos
Membro desde: 04/05/2010
Conteúdos:
Pontos: 148

Comentários

imagem de deborabenvenuti

A Dança

Muitas vezes nos questionamos por ter feitos coisas que nos decepcionam,mas saber encontrar o ponto de partida para poder chegar onde queremos,é um bom indício de que estamos no caminho certo,
Abraços

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of paullopex

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção I CAN'T BREATH 0 263 05/31/2020 - 00:18 Português
Poesia/Amor Desencontros 7 549 05/29/2020 - 23:42 Português
Poesia/Geral está bem assim? 1 481 03/08/2018 - 17:42 Português
Poesia/Amor Porto de Abrigo 4 563 03/06/2018 - 15:22 Português
Poesia/Meditação E, como amamos? 1 494 03/05/2018 - 21:19 Português
Poesia/Meditação Quanto mede o infinito? 1 589 03/01/2018 - 17:06 Português
Poesia/Amor A dança 1 329 06/05/2014 - 04:40 Português
Poesia/Amor Noites de Inverno 1 702 01/14/2014 - 12:45 Português
Poesia/Alegria Primavera 0 428 08/18/2013 - 00:56 Português
Poesia/Amor Aventura 0 641 08/19/2011 - 14:21 Português
Poesia/Amor Desconhecida 0 540 07/06/2011 - 02:28 Português
Poesia/Meditação A regra 4 742 04/17/2011 - 12:16 Português
Poesia/Intervenção Que se CALEM, que se GRITE!!!! 2 484 03/14/2011 - 23:45 Português
Poesia/Geral Cidade ao entardecer (antigo) 2 612 03/12/2011 - 01:14 Português
Poesia/Amor Tu és... 0 452 03/05/2011 - 23:50 Português
Poesia/Desilusão Decadência 0 1.000 03/05/2011 - 23:46 Português
Poesia/Desilusão Múmia Sadia 2 471 03/05/2011 - 23:34 Português
Poesia/Desilusão Não!!! 0 513 03/05/2011 - 23:30 Português
Poesia/Meditação A estrada 4 599 03/05/2011 - 22:44 Português
Poesia/Pensamentos Podia-mos dar um passeio. 0 531 03/05/2011 - 01:49 Português
Poesia/Paixão E de repente... 0 586 03/05/2011 - 01:47 Português
Poesia/Meditação Actor 0 570 03/05/2011 - 01:43 Português
Poesia/Aforismo Noturno(pelas normas) 0 594 03/05/2011 - 01:41 Português
Poesia/Desilusão Saudade, sempre demais. 0 610 03/05/2011 - 01:38 Português
Poesia/Meditação Eterium 0 809 03/05/2011 - 01:37 Português