CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Reine em mim Realidade!

Reine em mim Realidade!
Domine-me Hercúlea!
Copule-me!

E quando me espreme,
Exalo um poema.
É apenas minh’alma
Que se exprime...
Num vácuo de voz aflita
Um leve suspiro escrito

Respiro-te realidade...
Persegue-me o perfume da prova
dos fatos

Oh Realidade!
Sei que me comprimes, me entortas,
Sei que me exiges!
Forja-me à força!
Meu suor se derrama...
Epiderme em chama

Oh realidade!
Se me espremes... com seu afeto
de meu creme recolhe um poema!
De seu crime, expilo meu feto...
Exprimo-me por seu decreto!

Oh realidade, da substancia que sou feito:
madeira, pedras, ervas, fogueiras...
A eterna matéria prima
que martelas

Se me atropelas... minha carne se entrega...
passeando na relva... a alma observa, indefesa se eleva
e me agride sem trégua a turbina de sua nave
Martela meu prego...

Oh! Realidade!

Rendo-me aos fatos, e sei que estou cego
e homem, com tempo, me torno
e com o passar dos séculos, retorno!

Submited by

sexta-feira, março 4, 2011 - 16:48

Poesia :

No votes yet

marcelocampello

imagem de marcelocampello
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 36 semanas
Membro desde: 03/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 310

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of marcelocampello

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação A história da cabeça que fugiu dos pés! 4 501 06/10/2012 - 21:03 Português
Poesia/Meditação The story of a head that ran from its feet 0 949 06/10/2012 - 11:07 inglês
Poesia/Geral Dr. Jekyll: Pb > Au 0 682 12/12/2011 - 10:26 Português
Poesia/Geral Cavaleiro de Copas 0 598 12/09/2011 - 18:40 Português
Poesia/Intervenção BELO MONTE 0 707 12/09/2011 - 18:03 Português
Poesia/Geral Gilliat e Deruchete 1 1.651 12/01/2011 - 17:42 Português
Poesia/Geral Pessoas são como países (reeditado) 0 834 10/25/2011 - 13:47 Português
Poesia/Geral PESSOAS SAO COMO PAISES 0 807 10/25/2011 - 13:41 Português
Poesia/Geral ENTROPIA MONETÁRIA 0 953 10/07/2011 - 14:50 Português
Poesia/Geral MORO NESSA CASA VAZIA 0 995 10/07/2011 - 14:46 Português
Poesia/Fantasia Amores e Mamutes 4 970 04/30/2011 - 15:59 Português
Poesia/Amizade Jocasta, Amelie Poulain e Lili Carabina 2 1.256 04/28/2011 - 19:40 Português
Poesia/Geral A MENINA NA CAVERNA 0 1.096 04/27/2011 - 14:16 Português
Poesia/Geral O Eco, a Sombra e as Estrelas 1 1.269 04/27/2011 - 02:48 Português
Poesia/Geral FANTASIA MIGRANTE 3 1.019 04/19/2011 - 18:00 Português
Poesia/Geral Canção em Espiral 1 781 04/16/2011 - 03:08 Português
Poesia/Geral Tropa serena 0 1.229 04/16/2011 - 00:52 Português
Poesia/Geral Desculpai-me insetos! 2 1.394 04/13/2011 - 21:52 Português
Poesia/Geral Algum abandono previsível! 3 1.058 04/12/2011 - 13:02 Português
Poesia/Geral Mom made a doll 0 950 04/09/2011 - 22:18 inglês
Poesia/Geral Jocasta, Amelie Poulain e Lili Carabina 0 1.041 04/09/2011 - 15:18 inglês
Poesia/Geral The poem's not love 0 1.001 04/09/2011 - 15:17 inglês
Poesia/Geral Adrift 0 1.252 04/09/2011 - 15:16 inglês
Poesia/Geral Encerrai a cavalgada! 2 913 04/09/2011 - 10:51 Português
Poesia/Geral Passou o tempo querida! 6 1.028 04/05/2011 - 11:33 Português