Sonhos

O cão raivoso, preso por uma trela, traduz na perfeição as pessoas que, privadas da liberdade individual pela sociedade, sentem desprezo e até terror pelos sujeitos livres. Ao ponto de, a maior parte das vezes, lhes desejarem o mesmo grau de clausura: a integração social.

Dentro do canil estava o portal. Viajei a mil quilómetros por hora através do tempo e espaço até parar ali. Restavam apenas esbatidos das memórias mais audazes que se recusavam a desaparecer por completo, como fragmentos de um sonho. A maior parte constituídos somente por cores apagadas e sombras que remontam ao subconsciente.

A montanha, a maldita montanha onde nunca havia de chegar: lá em cima, dizia-se, o tempo parava. O cume imortal, chamei-lhe, enquanto me perdia em mil tabernas e falésias e praias de crocodilos, com gente a quem quis muito bem e muito mal. A cidade acidentada, em que cada rua subia e descia sem razão, tornava impossível a orientação humana, ainda mais naquele estado.

Submited by

Tuesday, July 17, 2012 - 10:43

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

infectofacto

infectofacto's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 4 years 5 weeks ago
Joined: 03/20/2012
Posts:
Points: 172

Add comment

Login to post comments

other contents of infectofacto

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/General Quanto 0 267 05/14/2015 - 12:15 Portuguese
Poesia/General desolação 0 278 08/17/2014 - 16:00 Portuguese
Poesia/Song Começar 2 624 06/13/2014 - 11:23 Portuguese
Poesia/General Desacção 0 230 06/08/2013 - 14:19 Portuguese
Poesia/Disillusion Saio de mim 0 304 01/21/2013 - 17:51 Portuguese
Poesia/General Cruzeiro 0 362 01/04/2013 - 01:45 Portuguese
Poesia/General Diálogo sem fim #3 0 320 10/09/2012 - 13:31 Portuguese
Poesia/General Calafrio 0 386 08/30/2012 - 02:02 Portuguese
Poesia/General Jazz 0 355 08/17/2012 - 01:02 Portuguese
Poesia/General Navego 1 395 08/06/2012 - 01:09 Portuguese
Poesia/General Sonhos 0 329 07/17/2012 - 10:43 Portuguese
Poesia/General Iluminação 0 338 06/01/2012 - 04:10 Portuguese
Poesia/General (Untitled) 2 435 05/25/2012 - 21:22 Portuguese
Poesia/General Ladainha 3 511 05/21/2012 - 04:10 Portuguese
Poesia/General Justificação da realidade 4 492 05/20/2012 - 17:53 Portuguese
Poesia/General Os felizes 2 480 05/14/2012 - 18:50 Portuguese
Poesia/General No escuro 2 493 04/28/2012 - 22:20 Portuguese
Poesia/General A carne 0 390 04/25/2012 - 12:13 Portuguese
Poesia/General Da procura 2 442 04/25/2012 - 03:51 Portuguese
Poesia/General O meu amigo 2 395 04/24/2012 - 23:22 Portuguese
Poesia/General Os alienados 3 554 04/21/2012 - 22:17 Portuguese
Poesia/General deus 4 494 04/21/2012 - 02:19 Portuguese
Poesia/General Estupefacção 3 515 04/19/2012 - 22:55 Portuguese
Poesia/General (Untitled) 2 478 04/19/2012 - 02:26 Portuguese
Poesia/General Ritmo 1 394 04/19/2012 - 02:12 Portuguese