O triunfo dos relógios ...

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela, em mim a mesma e igual sombra,
Um mesmo coração cheio de vidros

E dor, o triunfo dos relógios, das
Sensações sem precisão demais...
O despontar de ridículos remorsos,
Um prazer intimo de sermos quem
Não somos tal como é a obediência

A estranhos que passam por nós fazendo
A respiração pela boca, sempre
Melhor quem passou que quem fica
Como que se apaga o que sou sem ser,
Tão vago, magra visão ou modo de olhar

O tempo.

Joel Matos (04/2018)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

Miércoles, Abril 18, 2018 - 17:24

Poesia :

Su voto: Nada (1 vote)

Joel

Imagen de Joel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 6 días 9 horas
Integró: 12/20/2009
Posts:
Points: 42009

Comentarios

Imagen de Joel

.

.

Imagen de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Imagen de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Imagen de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Imagen de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Imagen de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Imagen de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Imagen de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Imagen de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Imagen de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Joel

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/General Pra lá do crepúsculo 30 791 03/06/2024 - 12:12 Portuguese
Poesia/General Por onde passo não há s’trada. 30 1.217 02/18/2024 - 21:21 Portuguese
Poesia/General Sonhei-me sonhando, 17 520 02/12/2024 - 17:06 Portuguese
Ministério da Poesia/General A alegria que eu tinha 23 539 12/11/2023 - 21:29 Portuguese
Ministério da Poesia/General Notas de um velho nojento 7 581 12/06/2023 - 22:30 Portuguese
Ministério da Poesia/General (Creio apenas no que sinto) 17 307 12/02/2023 - 11:12 Portuguese
Ministério da Poesia/General Vamos falar de mapas 15 1.166 11/30/2023 - 12:20 Portuguese
Ministério da Poesia/General São como nossas as lágrimas 9 346 11/28/2023 - 12:11 Portuguese
Poesia/General Entrego-me a quem eu era, 28 845 11/28/2023 - 11:47 Portuguese
Ministério da Poesia/General O Homem é um animal “púbico” 11 426 11/26/2023 - 19:59 Portuguese
Ministério da Poesia/General A essência do uso é o abuso, 1 651 11/25/2023 - 12:02 Portuguese
Ministério da Poesia/General Insha’Allah 2 408 11/24/2023 - 13:43 Portuguese
Ministério da Poesia/General No meu espírito chove sempre, 12 535 11/24/2023 - 13:42 Portuguese
Ministério da Poesia/General Os destinos mil de mim mesmo. 21 581 11/24/2023 - 13:42 Portuguese
Poesia/General “Daqui-a-nada” 20 1.151 11/24/2023 - 12:17 Portuguese
Ministério da Poesia/General Cada passo que dou 0 515 11/24/2023 - 10:27 Portuguese
Ministério da Poesia/General Quem sou … 0 489 11/24/2023 - 10:26 Portuguese
Ministério da Poesia/General Ricardo Reis 0 140 11/24/2023 - 10:24 Portuguese
Ministério da Poesia/General A dança continua 0 337 11/24/2023 - 10:23 Portuguese
Ministério da Poesia/General A importância de estar … 0 341 11/24/2023 - 10:17 Portuguese
Ministério da Poesia/General Se eu fosse eu 0 191 11/24/2023 - 10:15 Portuguese
Ministério da Poesia/General Má Casta 0 382 11/24/2023 - 10:14 Portuguese
Ministério da Poesia/General Neruda Passáro 0 768 11/24/2023 - 10:12 Portuguese
Ministério da Poesia/General Pouco sei, pouco faço 0 236 11/24/2023 - 10:11 Portuguese
Ministério da Poesia/General Do que tenho dito … 0 448 11/24/2023 - 10:09 Portuguese