CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Apenas num jornal

Era um inverno como um outro qualquer, bastante derretido, ultramente cadavérico. No sossego dos pares havia uma expressão de Rimbaud promíscuo que atravessava ruas e morros até a cruz do monte, no cruzeiro decadente da cidadela esquecida que ocorreu e ainda decorre do resto. Nem dicionários revelam o que ocupa o corpo ou culpa, ou pecado tão indolente, de índole indefinida, talvez um pingo no fim dum livro ao fim duma aventura. Nas estribeiras da idade a fuga de si lembrava atropelados das opacas ramas com vistas planando sobre o jornal, a leitura pede: Diz a Verlaine que Rimbaud o quer mal para o bem de seu ego e eternidade.

Submited by

domingo, outubro 30, 2011 - 00:42

Prosas :

No votes yet

Alcantra

imagem de Alcantra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 41 semanas
Membro desde: 04/14/2009
Conteúdos:
Pontos: 1563

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Alcantra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Soma de poemas 5 1.207 02/27/2018 - 12:09 Português
Poesia/Geral Abismo em seu libré 0 1.370 12/04/2012 - 00:35 Português
Poesia/Geral Condado vermelho 0 1.908 11/30/2012 - 22:57 Português
Poesia/Geral Ois nos beijos 1 1.278 11/23/2012 - 11:08 Português
Poesia/Geral Dores ao relento 0 1.580 11/13/2012 - 21:05 Português
Poesia/Geral Memórias do norte 1 799 11/10/2012 - 19:03 Português
Poesia/Geral De vez tez cromo que espeta 0 1.588 11/05/2012 - 15:01 Português
Poesia/Geral Cacos de teus átomos 0 1.127 10/29/2012 - 10:47 Português
Poesia/Geral Corcovas nas ruas 0 1.745 10/22/2012 - 11:58 Português
Poesia/Geral Mademouselle 0 983 10/08/2012 - 15:56 Português
Poesia/Geral Semblantes do ontem 0 1.129 10/04/2012 - 02:29 Português
Poesia/Geral Extravio de si 0 1.171 09/25/2012 - 16:10 Português
Poesia/Geral Soprosos Mitos 0 1.797 09/17/2012 - 22:54 Português
Poesia/Geral La boheme 0 1.536 09/10/2012 - 15:51 Português
Poesia/Geral Mar da virgindade 2 1.061 08/27/2012 - 16:26 Português
Poesia/Geral Gatos-de-algália 0 1.827 07/30/2012 - 16:16 Português
Poesia/Geral Vidas de vidro num sutil beijo sem lábios 2 1.169 07/23/2012 - 01:48 Português
Poesia/Geral Vales do céu 0 944 07/10/2012 - 11:48 Português
Poesia/Geral Ana acorda 1 1.424 06/28/2012 - 17:05 Português
Poesia/Geral Prato das tardes de Bordô 0 1.140 06/19/2012 - 17:00 Português
Poesia/Geral Um sonho que se despe pela noite 0 1.177 06/11/2012 - 14:11 Português
Poesia/Geral Ave César! 0 1.959 05/29/2012 - 18:54 Português
Poesia/Geral Rodapés de Basiléia 1 1.140 05/24/2012 - 03:29 Português
Poesia/Geral As luzes falsas da noite 0 1.939 05/14/2012 - 02:08 Português
Poesia/Geral Noites com Caína 0 1.215 04/24/2012 - 16:19 Português