CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Tesoureiros da luz,

Tesoureiros da luz,

Tenho alma de cão pastor cego,
Sinto nas galáxias o que não vejo
Cá baixo, caminho na certeza de
Voltar nunca o mesmo que fui,

Faz tempo, o futuro foi lá trás,
Sigo meus pés descalços, a alma
As estrelas e o espaço, tanto faz,
Formiga d'asa, onde possa voar,

Embarcar para as estrelas que sigo,
Pastor perseguindo velas, cego,
Queimando os dedos noutros
Universos loucos, menos paralelos,

Assim como um tesoureiro da luz,
Caminhando no breu pelos pontos
Que brilham, sinto pelo som os astros,
Pouso nos cotovelos os ombros,

Nas estepes o desafio, a orgia da luz
Aí percebo quanto sou frágil, caniço
Da luz que sai pela voz e apenas,
Se é chama, é orgânica na lucidez,

Ela nos diz se a podemos desfiar
Ou não fiar, dependendo do ouro,
Da densidade frágil do fio, da voz o ar
E do modo como sai da boca, o cosmos

Da confiança e no tear próximo,
O pouso e os cabelos de Berenice...
Da janela os reconheço, cada transeunte
Pelo brilho que apresenta e usa,

Como que se germinassem espelhos
Na calçada, reflectidos na minha
Face a pontos ouro de luz, fina Ursa Menor
Ou grossa, difusa ou orgia em chama,

Tenha ou não eu alma de pastor cego
Certo é ter de rinoceronte ego, escaravelho
Sinto nas galáxias o que não vejo, pego
O facho e caminho para um Sol poente vizinho,

O meu travesseiro de luz.

Jorge Santos 04/2019
http://namastibetpoems.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, maio 9, 2019 - 10:14

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 11 horas 37 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 39413

Comentários

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

imagem de Joel

valorizemos quem escreve e

valorizemos quem escreve e sente e não banalidades sem sentido (como tanto e tantos nesta net) viva a escrita poética ...

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Pax pristina 176 785 03/30/2019 - 12:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Caminho, por não ter fé ... 369 674 03/30/2019 - 12:16 Português
Ministério da Poesia/Geral O azedume no vinagre ou rumo a Centauro-A 209 667 03/30/2019 - 12:14 Português
Poesia/Geral o sabor da terra 296 499 03/30/2019 - 12:12 Português
Poesia/Geral Inté'que poema se chame de Eu ... 243 403 03/30/2019 - 12:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Igual a toda'gente... 287 745 03/30/2019 - 12:10 Português
Ministério da Poesia/Geral À excelência ! 160 600 03/30/2019 - 12:08 Português
Ministério da Poesia/Geral Contraditório, só eu sou... 181 474 03/30/2019 - 12:07 Português
Ministério da Poesia/Geral Cuido que não sei, 172 435 03/30/2019 - 12:05 Português
Ministério da Poesia/Geral “Semper aeternum” 211 497 03/30/2019 - 12:04 Português
Ministério da Poesia/Geral Sei porque vejo, 222 693 03/30/2019 - 12:04 Português
Ministério da Poesia/Geral O poço do Oráculo… 30 118 12/02/2018 - 19:39 Português
Ministério da Poesia/Intervenção (Os Míseros não Têm Mando) 17 1.083 12/02/2018 - 19:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Canto ao dia, pra que à noite não… 19 128 12/02/2018 - 19:13 Português
Poesia/Geral (Meu reino é um prado morto) 24 472 12/02/2018 - 19:04 Português
Ministério da Poesia/Geral Canção Cansei 24 353 12/02/2018 - 19:02 Português
Poesia/Geral Tenho um conto pra contar 16 650 12/02/2018 - 19:00 Português
Ministério da Poesia/Aforismo não sei quem sou 21 868 12/02/2018 - 18:58 Português
Ministério da Poesia/Geral Prazer da busca… 17 75 12/02/2018 - 18:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Com a mesa encostada aos lábios… 12 205 12/02/2018 - 18:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Porque Poema és Tu 22 104 12/02/2018 - 18:47 Português
Poesia/Geral Nêsperas do meu encanto… 16 329 12/02/2018 - 18:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Natureza viva 13 213 12/02/2018 - 18:44 Português
Ministério da Poesia/Aforismo aresta ou 10 1.733 11/28/2018 - 17:38 Português
Ministério da Poesia/Dedicado teresa dia bom 12 1.010 11/28/2018 - 17:35 Português