CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O triunfo dos relógios ...

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela, em mim a mesma e igual sombra,
Um mesmo coração cheio de vidros

E dor, o triunfo dos relógios, das
Sensações sem precisão demais...
O despontar de ridículos remorsos,
Um prazer intimo de sermos quem
Não somos tal como é a obediência

A estranhos que passam por nós fazendo
A respiração pela boca, sempre
Melhor quem passou que quem fica
Como que se apaga o que sou sem ser,
Tão vago, magra visão ou modo de olhar

O tempo.

Joel Matos (04/2018)
http://joel-matos.blogspot.com

Submited by

quarta-feira, abril 18, 2018 - 16:24

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Joel

imagem de Joel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 horas 20 minutos
Membro desde: 12/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 40546

Comentários

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

imagem de Joel

O tempo, Sempre melhor o que

O tempo,

Sempre melhor o que passou
Por mim, todos os sonhos, habituais
Profissões e talentos, familiares
Que nunca vi, pensar que vivi
É realmente um mistério e o tempo,

Sempre melhor o que passou,
Assim como a impressão de claustro
Que sempre existe no fim de cada
Cela,

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Joel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Pax pristina 176 1.050 03/30/2019 - 11:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Caminho, por não ter fé ... 369 733 03/30/2019 - 11:16 Português
Ministério da Poesia/Geral O azedume no vinagre ou rumo a Centauro-A 209 831 03/30/2019 - 11:14 Português
Poesia/Geral o sabor da terra 296 569 03/30/2019 - 11:12 Português
Poesia/Geral Inté'que poema se chame de Eu ... 243 661 03/30/2019 - 11:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Igual a toda'gente... 287 910 03/30/2019 - 11:10 Português
Ministério da Poesia/Geral À excelência ! 160 984 03/30/2019 - 11:08 Português
Ministério da Poesia/Geral Contraditório, só eu sou... 181 583 03/30/2019 - 11:07 Português
Ministério da Poesia/Geral Cuido que não sei, 172 902 03/30/2019 - 11:05 Português
Ministério da Poesia/Geral “Semper aeternum” 211 661 03/30/2019 - 11:04 Português
Ministério da Poesia/Geral Sei porque vejo, 222 995 03/30/2019 - 11:04 Português
Ministério da Poesia/Geral O poço do Oráculo… 30 132 12/02/2018 - 18:39 Português
Ministério da Poesia/Intervenção (Os Míseros não Têm Mando) 17 1.094 12/02/2018 - 18:34 Português
Ministério da Poesia/Geral Canto ao dia, pra que à noite não… 19 132 12/02/2018 - 18:13 Português
Poesia/Geral (Meu reino é um prado morto) 24 521 12/02/2018 - 18:04 Português
Ministério da Poesia/Geral Canção Cansei 24 390 12/02/2018 - 18:02 Português
Poesia/Geral Tenho um conto pra contar 16 658 12/02/2018 - 18:00 Português
Ministério da Poesia/Aforismo não sei quem sou 21 874 12/02/2018 - 17:58 Português
Ministério da Poesia/Geral Prazer da busca… 17 79 12/02/2018 - 17:56 Português
Ministério da Poesia/Geral Com a mesa encostada aos lábios… 12 217 12/02/2018 - 17:47 Português
Ministério da Poesia/Geral Porque Poema és Tu 22 106 12/02/2018 - 17:47 Português
Poesia/Geral Nêsperas do meu encanto… 16 354 12/02/2018 - 17:45 Português
Ministério da Poesia/Geral Natureza viva 13 227 12/02/2018 - 17:44 Português
Ministério da Poesia/Aforismo aresta ou 10 1.781 11/28/2018 - 16:38 Português
Ministério da Poesia/Dedicado teresa dia bom 12 1.033 11/28/2018 - 16:35 Português